A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

27 de Julho de 2020.

Zero hidrográfico? O que é isso?

O zero hidrográfico é uma referência utilizada para a previsão de altura das marés e para a segurança da navegação marítima, através das profundidades indicadas nas cartas náuticas. As marcas de nivelamento usadas para medir altitudes a nível nacional, mas que em cidades e vilas portuárias também indicam o zero hidrográfico, uma referência utilizada para a previsão de altura das marés, são em geral desconhecidas da população. A Rede Nacional de Nivelamento Geométrico de Alta Precisão, um sistema oficial criado a partir de 1938 que permite aferir a altitude em qualquer ponto do país, utiliza no total mais de 4500 localizações estáticas, quase três centenas das quais são marcas de nivelamento principal. Nas localidades portuárias, em pelo menos 14 dos […]
24 de Julho de 2020.

Ferramenta com 1,4 milhões de anos

A “caixa de ferramentas” pré-históricas ganhou um novo biface de osso que seria usado pelas primeiras espécies Homo que viviam no sul da Etiópia. O utensílio biface com 13 centímetros de comprimento foi encontrado na região de Konso-Gardula, na Etiópia. Os cientistas acreditam que este invulgar machado feito de osso de uma perna de hipopótamo (e não de pedra como era mais comum) tenha sido utilizado há mais de um milhão de anos pelo Homo erectus que vivia neste território. Além de rara, a peça que se encontra bem preservada e com alguns sinais de uso é uma prova do recurso a uma tecnologia mais sofisticada e versátil do que se pensava existir nesta altura. É mais uma peça da […]
23 de Julho de 2020.

Libertação de metano na Antártida

O gás, um dos mais eficazes no aquecimento da atmosfera, poderá começar a escapar-se através destes derrames à medida que a crise climática provoca o aquecimento dos oceanos. Isto, aliado ao facto de os micróbios que o consome terem demorado anos a aparecer no local “não são boas notícias”. Um grupo de cientistas da Universidade do Estado do Oregon, nos Estados Unidos, identificou o primeiro derrame activo de metano no fundo do mar da Antárctida. Esta descoberta está a possibilitar que o grupo obtenha, por um lado, novas informações sobre o ciclo do metano e, por outro, compreenda melhor o papel que este gás, encontrado nesta região em particular, pode estar a desempenhar no aquecimento do planeta. As descobertas dos […]
22 de Julho de 2020.

Factores de risco e Alzheimer

Quase dois terços destas recomendações concentram-se em factores de risco vascular – como a tensão arterial elevada e o colesterol – e no estilo de vida, enfatizando a importância de se viver uma vida saudável. Uma equipa internacional de cientistas identificou dez factores de risco através dos quais uma pessoa poderia desenvolver a doença de Alzheimer, de acordo com um estudo publicado esta segunda-feira no British Medical Journal (BMJ). A investigação, liderada pela Universidade Fudan, na China, abre a porta ao desenvolvimento de novas estratégias destinadas a prevenir esta doença neurodegenerativa, disseram os autores do estudo, em comunicado. Os responsáveis salientam que no Reino Unido, por exemplo, de um total de 850.000 pessoas com demência, cerca de 566.000 pessoas sofrem […]
17 de Julho de 2020.

Hospital dos Pequeninos

O Hospital dos Pequeninos, iniciativa da AJEMed Madeira, depende, todos os anos, do esforço dos estudantes que nele participam e, este ano, não é exceção. Este ano, estamos a construir uma edição especial: o “Hospital dos Pequeninos – Em Casa”, que se baseia em duas atividades: Consulta-Modelo: Na qual as crianças poderão aceder a uma consulta interativa, com recurso a um Kit Médico formado por nós e entregue aos pais. Além disso, farão a consulta com base em vídeos gravados por estudantes da área da saúde (Medicina, Enfermagem, Psicologia e Desporto). Tele-HP: Esta atividade terá transmissão televisiva. Assim sendo, os estudantes participantes falarão, em curtos vídeos, das estações habituais do HP presencial (também em anexo). Os participantes serão divididos consoante a atividade […]
17 de Julho de 2020.

Novas imagens do Sol

Sonda registou as suas primeiras imagens do Sol, a meio caminho da viagem até à nossa estrela. As primeiras imagens do Sol captadas pela sonda Solar Orbiter permitiram ver explosões à superfície da nossa estrela que nunca tinham sido observadas com um tal pormenor, revelou a Agência Espacial Europeia (ESA). O que os cientistas deram a alcunha de “fogueiras” a erupções em miniatura: “As fogueiras são parentes pequenos das explosões solares que podemos observar a partir da Terra, milhões ou milhares de milhões de vezes menores”, afirmou o investigador David Berghmans, do Observatório Real da Bélgica. “O pode parecer sossegado num primeiro olhar, mas quando o vemos em pormenor, vemos estas erupções em miniatura por todo o lado”, acrescentou o […]
16 de Julho de 2020.

Emissões de metano aumentaram

Dois artigos publicados esta terça-feira analisaram as emissões de metano entre 2000 e 2017 e concluem que em 2017 a atmosfera da Terra absorveu 600 milhões de toneladas deste gás. A Europa é a única região que se destaca pela positiva no mapa. O motor, dizem os especialistas, são as actividades nas minas de carvão, produção de petróleo e gás natural, criação de gado e aterros sanitários. E o resultado é a péssima notícia de um aumento das emissões globais de metano no período entre 2000 e 2017, sendo que a Europa é a única região que se destaca pela positiva com uma redução dos níveis das emissões. Em 2017 (o ano mais recente com dados disponíveis) a atmosfera da […]
15 de Julho de 2020.

Apoio à investigação na Europa

O Programa Horizonte Europa tinha 100 mil milhões de euros na primeira proposta, apresentada em 2018, e passou para cerca de 80 mil milhões, na última proposta de Fevereiro deste ano. Universidades e cientistas de 89 países apelaram à União Europeia (UE) para proteger, no próximo orçamento plurianual, o financiamento do Conselho Europeu de Investigação (ERC, na sigla em inglês), que é “o instrumento mais importante no desenvolvimento de inovações”. Numa petição, os subscritores exortam os dirigentes da UE e os chefes de Estado e de Governo europeus a garantirem financiamento para o ERC no novo orçamento comunitário a longo prazo, disse esta quarta-feira à agência Lusa a vice-reitora da Universidade de Coimbra para a investigação, Cláudia Cavadas. A Universidade […]
14 de Julho de 2020.

Dinossauros lusitanos?

O dinossauro carnívoro Lusovenator santosi inclui no nome uma referência à Lusitânia, a província mais ocidental do império romano, e a José Joaquim dos Santos, paleontólogo amador tem encontrado diversos fósseis na região Oeste de Portugal. Trata-se de uma espécie e de um género novos para a ciência. A descoberta de um novo dinossauro carnívoro em Portugal – o Lusovenator santosi – acaba de ser descrita na revista científica Journal of Vertebrate Paleontology por uma equipa de paleontólogos portugueses e espanhóis. Este dinossauro carnívoro “português” viveu no Jurássico Superior, há cerca de 145 milhões de anos, na Bacia Lusitaniana. Coordenada pela paleontóloga Elisabete Malafaia, do Instituto Dom Luiz (IDL), da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o estudo contou […]
13 de Julho de 2020.

Novo mecanismo para pagar propinas

O Parlamento criou esta sexta-feira um mecanismo extraordinário para ajudar os alunos do ensino superior a pagar as propinas em falta, garantindo que mantêm direitos como o acesso a bolsas de estudo. A situação dos estudantes carenciados e com dificuldades em pagar as propinas, que foi agravada durante a pandemia de covid-19, levou os grupos parlamentares do Bloco de Esquerda e do PAN a apresentarem propostas que apoiassem estes alunos. No entanto, os dois partidos acabaram por retirar as suas iniciativas e foi apresentado um texto conjunto da Comissão de Educação, Ciência, Juventude, que mereceu o voto favorável de todos os deputados. Foi aprovada por unanimidade uma lei que cria um mecanismo extraordinário de regularização de dividas por não pagamento […]
14 de Maio de 2018.

Fungo que mata anfíbios

Análises a várias amostras do quitrídio mostraram que a estirpe mais agressiva deste fungo terá surgido na península da Coreia no início do século XX. Sabe-se que um fungo está a causar a morte em massa de várias espécies de anfíbios. Mas não se sabia onde e quando tinha surgido esse fungo e qual a sua estirpe mais agressiva. Um artigo científico na edição desta sexta-feira da revista Science – no qual participa o português Gonçalo M. Rosa – desvenda que a estirpe mais agressiva terá aparecido no Sudeste Asiático, nomeadamente na península da Coreia, no início do século XX. Ao infectar a pele de várias espécies de rãs, sapos e outros anfíbios, o fungo quitrídio (Batrachochytrium dendrobatidis) provoca uma […]
7 de Maio de 2018.

Plantas e animais com parecenças

Descoberta é a capa da revista Science. Uma equipa internacional de cientistas, incluindo o português José Feijó, descobriu que as células das plantas comunicam usando proteínas que existem nas células cerebrais dos animais mas que desempenham funções distintas. O estudo é tema de capa da edição impressa desta sexta-feira da revista Science e foi coordenado por José Feijó, investigador da Universidade de Maryland (Estados Unidos), que começou a investigação quando ainda trabalhava no Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Oeiras. Em declarações à agência Lusa, o investigador disse que o estudo permite compreender melhor a defesa das plantas contra infecções, a sua reprodução e a sua resposta ao stress ambiental, que poderá conduzir a “melhores estratégias de adaptação às alterações […]
22 de Abril de 2018.

Luz comprimida como um átomo?

Equipa internacional que inclui cientistas da Universidade do Minho estabelece recorde no aprisionamento da luz. O avanço, descrito num artigo da revista Science, pode servir para criar um novo mundo de sensores moleculares ultrapequenos. O físico Nuno Peres, da Universidade do Minho e um dos autores do artigo publicado esta sexta-feira na revista Science, tem uma frase na ponta da língua que resume de forma prosaica o complexo avanço na área que se dedica a explorar as interacções entre matéria e luz numa escala nanométrica: “É como se metêssemos a Praça do Rossio na Rua da Betesga.” A imagem ajuda, mas não explica tudo. Assim, mais concretamente, o que a equipa internacional de cientistas conseguiu foi confinar a luz a um […]
16 de Abril de 2018.

Substância vulgar atrasa ataxia

É uma doença neurodegenerativa que provoca descoordenação motora. Uma equipa da Universidade do Minho descobriu que um suplemento alimentar retarda as suas consequências, como revelaram testes em animais. Há um suplemento alimentar com baixa toxicidade e eficácia alta – pelo menos nos testes com ratinhos conduzidos por investigadoras da Universidade do Minho, em Braga – que pode ser usado para retardar as consequências da doença de Machado-Joseph, uma doença neurodegenerativa grave. Chama-se creatina, existe no corpo humano e já é usada por atletas para aumentar o desempenho desportivo. Os resultados dos testes em animais são animadores e indicam que pode ser uma boa opção para o tratamento prolongado da descoordenação motora (ataxia), causada pela doença de Machado-Joseph. Só falta encontrar […]
2 de Abril de 2018.

Genética e ambiente na saúde humana

O plano dos investigadores do Instituto de Saúde Pública e da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto é reunir um grupo de 450 gémeos e outros tantos não gémeos até ao final deste ano e depois acompanhá-los até à idade adulta. Um é loiro, o outro é moreno, pesam (mais coisa, menos coisa) seis quilos e no comprimento a diferença é de apenas 1,5 centímetros. Francisco só quer colo, é mais calmo, e Miguel quer dormir sozinho, é mais irrequieto. São irmãos que nasceram no mesmo dia 29 de Outubro de 2017, na mesma hora, quase no mesmo minuto. Matilde é (para já) filha única, nasceu a 31 de Janeiro de 2018, e dormiu tranquila durante mais de uma […]
26 de Março de 2018.

Redução calórica e longevidade

Em suma, os organismos que consomem energia de forma mais eficiente são os que vivem mais. Um estudo revela que uma redução calórica de 15% ajuda a travar o envelhecimento e a proteger os humanos de doenças que surgem com a idade, muitas delas relacionadas com elevados níveis de stress oxidativo. Já se sabia que a redução do consumo de calorias em alguns animais conduzia a uma maior longevidade, mas não se sabia até que ponto é que o mesmo se aplicava a humanos. Agora, um novo estudo mostra que uma redução de 15% das calorias consumidas ao longo de dois anos desacelera o processo metabólico que conduz ao envelhecimento e reduz também a probabilidade de doenças relacionadas com elevados […]