A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

31 de Julho de 2020.

Nova espécie de morcego em Portugal

No Parque Nacional da Peneda-Gerês, uma equipa de cientistas foi descoberta uma nova espécie de morcego que poderá estar distribuída por “toda a região Norte”. O registo desta nova espécie, designada morcego-de-bigodes-de-alcatoe (Myotis alcathoe), acaba de ser descrito na revista Biodiversity Data Journal por cientistas do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (Cibio-InBio) da Universidade do Porto. A presença em território nacional desta espécie era, até agora, desconhecida, ainda que o indivíduo que permitiu a descoberta tenha sido capturado em 2005 no Parque Nacional da Peneda-Gerês. À época, os investigadores registaram o indivíduo como sendo da espécie do morcego-de-bigodes (Mytosis mystacinus) devido à presença de “características muito semelhantes e quase indistinguíveis”. A verdadeira identidade desta nova espécie só […]
30 de Julho de 2020.

Vagas e cursos do Ensino Superior

O concurso nacional de acesso ao ensino superior começa a 7 de Agosto e prolonga-se até 23 do mesmo mês. Há 51.408 lugares disponíveis (a que se somam mais 721 para concursos locais). Consulte a nota do último colocado na 1.ª fase do ano passado, em cada curso, de cada instituição, e compare com a sua média de acesso para melhor avaliar as hipóteses de entrar. Clique aqui para ler a notícia do Público de 24/07/2020.
29 de Julho de 2020.

Saturno, a nova tendência do verão

A fotografia foi tirada durante o Verão, no hemisfério norte do planeta, e mostra novos detalhes de Saturno. O telescópio espacial Hubble, da NASA, captou uma fotografia inédita que mostra Saturno no Verão. A imagem foi obtida a 4 de Julho, quando o segundo maior planeta do sistema solar (depois de Júpiter) estava a 1,3 mil milhões de quilómetros da Terra. Na fotografia vê-se uma ligeira neblina avermelhada, o que, segundo os cientistas, pode resultar do aquecimento gerado pelo aumento da luz solar, o que afecta a circulação e o nível de gelo da atmosfera. Outra possibilidade: mais luz solar conduz a alterações na quantidade de névoa fotoquímica produzida. “É espantoso que, mesmo depois de alguns anos, estejamos a ver […]
28 de Julho de 2020.

Estrelas criadas em laboratório?

Resultados obtidos com dados recolhidos no Grande Acelerador Nacional de Iões Pesados (GANIL), em França. Foi criada em laboratório matéria análoga à formada em supernovas ou na fusão de estrelas de neutrões, por investigadores das universidades de Coimbra e de Caen (em França). A equipa do Centro de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e da Universidade de Caen, na Normandia (França), “determinou as propriedades da matéria criada em laboratório com características semelhantes às da matéria que se forma em supernovas ou na fusão de estrelas de neutrões”, revela a Universidade de Coimbra em comunicado. Na experiência, realizada no laboratório GANIL (a sigla em francês de Grande Acelerador Nacional de Iões Pesados), no âmbito […]
27 de Julho de 2020.

Zero hidrográfico? O que é isso?

O zero hidrográfico é uma referência utilizada para a previsão de altura das marés e para a segurança da navegação marítima, através das profundidades indicadas nas cartas náuticas. As marcas de nivelamento usadas para medir altitudes a nível nacional, mas que em cidades e vilas portuárias também indicam o zero hidrográfico, uma referência utilizada para a previsão de altura das marés, são em geral desconhecidas da população. A Rede Nacional de Nivelamento Geométrico de Alta Precisão, um sistema oficial criado a partir de 1938 que permite aferir a altitude em qualquer ponto do país, utiliza no total mais de 4500 localizações estáticas, quase três centenas das quais são marcas de nivelamento principal. Nas localidades portuárias, em pelo menos 14 dos […]
24 de Julho de 2020.

Ferramenta com 1,4 milhões de anos

A “caixa de ferramentas” pré-históricas ganhou um novo biface de osso que seria usado pelas primeiras espécies Homo que viviam no sul da Etiópia. O utensílio biface com 13 centímetros de comprimento foi encontrado na região de Konso-Gardula, na Etiópia. Os cientistas acreditam que este invulgar machado feito de osso de uma perna de hipopótamo (e não de pedra como era mais comum) tenha sido utilizado há mais de um milhão de anos pelo Homo erectus que vivia neste território. Além de rara, a peça que se encontra bem preservada e com alguns sinais de uso é uma prova do recurso a uma tecnologia mais sofisticada e versátil do que se pensava existir nesta altura. É mais uma peça da […]
23 de Julho de 2020.

Libertação de metano na Antártida

O gás, um dos mais eficazes no aquecimento da atmosfera, poderá começar a escapar-se através destes derrames à medida que a crise climática provoca o aquecimento dos oceanos. Isto, aliado ao facto de os micróbios que o consome terem demorado anos a aparecer no local “não são boas notícias”. Um grupo de cientistas da Universidade do Estado do Oregon, nos Estados Unidos, identificou o primeiro derrame activo de metano no fundo do mar da Antárctida. Esta descoberta está a possibilitar que o grupo obtenha, por um lado, novas informações sobre o ciclo do metano e, por outro, compreenda melhor o papel que este gás, encontrado nesta região em particular, pode estar a desempenhar no aquecimento do planeta. As descobertas dos […]
22 de Julho de 2020.

Factores de risco e Alzheimer

Quase dois terços destas recomendações concentram-se em factores de risco vascular – como a tensão arterial elevada e o colesterol – e no estilo de vida, enfatizando a importância de se viver uma vida saudável. Uma equipa internacional de cientistas identificou dez factores de risco através dos quais uma pessoa poderia desenvolver a doença de Alzheimer, de acordo com um estudo publicado esta segunda-feira no British Medical Journal (BMJ). A investigação, liderada pela Universidade Fudan, na China, abre a porta ao desenvolvimento de novas estratégias destinadas a prevenir esta doença neurodegenerativa, disseram os autores do estudo, em comunicado. Os responsáveis salientam que no Reino Unido, por exemplo, de um total de 850.000 pessoas com demência, cerca de 566.000 pessoas sofrem […]
17 de Julho de 2020.

Hospital dos Pequeninos

O Hospital dos Pequeninos, iniciativa da AJEMed Madeira, depende, todos os anos, do esforço dos estudantes que nele participam e, este ano, não é exceção. Este ano, estamos a construir uma edição especial: o “Hospital dos Pequeninos – Em Casa”, que se baseia em duas atividades: Consulta-Modelo: Na qual as crianças poderão aceder a uma consulta interativa, com recurso a um Kit Médico formado por nós e entregue aos pais. Além disso, farão a consulta com base em vídeos gravados por estudantes da área da saúde (Medicina, Enfermagem, Psicologia e Desporto). Tele-HP: Esta atividade terá transmissão televisiva. Assim sendo, os estudantes participantes falarão, em curtos vídeos, das estações habituais do HP presencial (também em anexo). Os participantes serão divididos consoante a atividade […]
17 de Julho de 2020.

Novas imagens do Sol

Sonda registou as suas primeiras imagens do Sol, a meio caminho da viagem até à nossa estrela. As primeiras imagens do Sol captadas pela sonda Solar Orbiter permitiram ver explosões à superfície da nossa estrela que nunca tinham sido observadas com um tal pormenor, revelou a Agência Espacial Europeia (ESA). O que os cientistas deram a alcunha de “fogueiras” a erupções em miniatura: “As fogueiras são parentes pequenos das explosões solares que podemos observar a partir da Terra, milhões ou milhares de milhões de vezes menores”, afirmou o investigador David Berghmans, do Observatório Real da Bélgica. “O pode parecer sossegado num primeiro olhar, mas quando o vemos em pormenor, vemos estas erupções em miniatura por todo o lado”, acrescentou o […]
12 de Dezembro de 2019.

A História da Madeira continua…

História da Madeira. Séc. XIX – A Caminho do Liberalismo História da Madeira. Séc. XIX – A Caminho do Liberalismo é a nova obra da Imprensa Académica (IA), chancela editorial da Académica da Madeira, da autoria do historiador e professor Rui Carita. A obra encontra-se à venda na Gaudeamus, na Fnac, na Wook, na Bertrand(online e lojas) e noutros livreiros nacionais e regionais. O 5.º volume da colecção História da Madeira, obra editada com o objectivo de celebrar os 600 anos do início do povoamento da Madeira, traça com detalhe a realidade insular durante o séc. XIX, sendo acompanhada com cerca de 200 ilustrações e várias notas explicativas. Pretende-se, com isso, tornar a nossa História acessível a todo o público, […]
5 de Dezembro de 2019.

1,2,3! Ganhámos outra vez

Académica da Madeira galardoada pelo terceiro ano consecutivo. Trabalho da Imprensa Académica reconhecido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude. O prémio Boas Práticas Associativismo Jovem, na categoria Estudantil, visa distinguir as associações de estudantes do ensino superior que se destacaram pelas suas características e iniciativas de relevo, sendo atribuído pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude. Do processo de seleção das candidaturas, o júri apurou como uma das vencedoras, a Associação Académica da Universidade da Madeira, pelo trabalho desenvolvido pela Imprensa Académica. As associações estudantis do país candidatas são agrupadas e avaliadas de acordo com a região a que pertencem, sendo que a Académica da Madeira foi integrada na região de Lisboa e Vale do Tejo. Além de […]
25 de Novembro de 2019.

Mais um Ilustre (Des)conhecido

A Mão de Sangue, de João Augusto de Ornelas, é o número 5 da colecção Ilustres (Des)conhecidos. Eu já disse que este livro tem as bellezas do entrecho sobre-excedidas pela opulencia da linguagem. O sr. João Augusto d’Ornellas é já muito conhecido e considerado entre os bons escriptores portuguezes. Os seus romances anteriores davão a prever os realces e melhorias que admiro n’A MÃO DE SANGUE. Camilo Castelo Branco, 1874, p. XIII O verdadeiro reconhecimento público e a boa receção literária foram devidas ao modo como a vida pessoal de sofrimento e a profissão de jornalista lhe deram motivos e forças para, pela publicação de folhetins e romances, deixar um excelente espólio literário para a literatura romântica madeirense do século […]
18 de Novembro de 2019.

Jesuítas em obra infanto-juvenil

Uma visita guiada ao Colégio dos Jesuítas Académica da Madeira celebra os 450 anos do Colégio dos Jesuítas com a publicação de livro infanto-juvenil. Sábado, 23 de Novembro, às 10:30, no Colégio dos Jesuítas do Funchal. A entrada é livre. A obra encontra-se à venda na Gaudeamus, na Fnac, na Wook, na Bertrand(online e lojas) e noutros livreiros nacionais e regionais. Sabiam que para ensinar latim nos nossos colégios, por todo o Mundo, usávamos um livro escrito por um jesuíta madeirense? Sim, foi o padre Manuel Álvares, que nasceu na Ribeira Brava e escreveu De intitutione grammatica, um manual de latim, com centenas de edições e usado durante séculos. Por ocasião da comemoração dos 450 anos de fundação do Colégio, a Académica da […]
14 de Junho de 2019.

Uma Família Madeirense

A apresentação teve lugar no dia 22/6, na Quinta Splendida, tendo sido seguida de uma visita guiada.  Uma Família Madeirense, de João França, é o número 4 da colecção Ilustres (Des)conhecidos. A obra encontra-se à venda na Gaudeamus, na Wook, na Bertrand e noutros livreiros nacionais. “Com entrecho situado no Caniço, precisamente a leste da cidade, e um título óbvio, este livro de João França escolhe mais uma vez a Ilha da Madeira, sua terra de origem, referindo o envolvimento paisagístico com nítida intenção de revelar a beleza bucólica do seu meio ambiente em simultâneo com a preocupação pela realidade histórica e a índole social duma época.” Irene Lucília Andrade, p. 26 Continuando a trabalhar no sentido de divulgar trabalhos de […]
10 de Abril de 2019.

31 desafios para o Ensino Superior

Já à venda na Wook, na Bertrand, na Fnac, em qualquer Gaudeamus. e nas principais livrarias da região e do país. Reunir, numa única proposta editorial, o contributo de inúmeros investigadores representará porventura o contributo mais inovador desta obra. não haverá, porventura, melhor e mais simbólica forma de assinalar a vitalidade e o potencial de uma instituição que através da celebração do seu inconformismo, capacidade de intervenção e propositura no espaço público. – João Sobrinho Teixeira (p. 11) No ano em que se assinalava o 30.º aniversário da Universidade da Madeira a Académica da Madeira tentou dar corpo a um conjunto de preocupações, de estudos e de pesquisas sobre as oportunidades e sobre os diversos constrangimentos impostos às instituições de […]