A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

22 de Fevereiro de 2018.

Salmonela mais resistente

Usando larvas, uma equipa de cientistas portugueses concluiu que a proteína BolA torna a bactéria salmonela mais resistente. A bactéria salmonela é um grande problema. Pode contaminar a água e os alimentos e ser uma das principais causas de gastroenterites no mundo. A Organização Mundial da Saúde estimou que haja cerca de 16,6 milhões casos por ano. Por isso, é importante controlá-la. Uma equipa de cientistas portugueses liderada por Cecília Arraiano, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (da Universidade Nova de Lisboa), em Oeiras, está a tentar resolver esse problema através do estudo de uma proteína, a BolA. Agora, ao estudarem larvas, perceberam que a BolA é necessária para a salmonela viver dentro do hospedeiro e conseguir multiplicar-se aí. […]
21 de Fevereiro de 2018.

Internacionalização e ciência

A aliança entre Portugal e três universidades norte-americanas e uma sociedade alemã vai continuar, com o país a investir mais 64 milhões de euros. Com estas parcerias, o Ministério da Ciência diz quer estimular o emprego científico e ajudar a desenvolver nos Açores o Centro de Investigação Internacional do Atlântico. Já lá vão dez anos desde o início das parcerias entre Portugal e a Universidade Carnegie Mellon, o Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT), a Universidade do Texas em Austin (todos nos EUA) e a Sociedade Fraunhofer (Alemanha). E o programa GoPortugal – Parcerias Globais de Ciência e Tecnologia para Portugal, como se chama, é para continuar até 2030. Esta quinta-feira a renovação foi em dose dupla: aprovou-se em Conselho […]
20 de Fevereiro de 2018.

Nova técnica para falência hepática

Gastrenterologista de 33 anos quis perceber qual é a técnica ideal para ganhar tempo até que fígado de doentes com lesão hepática aguda se regenere ou se encontre outro para transplante. Com uma investigação sobre um tratamento que pode ajudar a salvar a vida de doentes em falência hepática aguda, uma técnica que permite ganhar tempo até que o fígado do paciente se regenere ou se encontre um órgão para transplante, um médico de 33 anos venceu o prémio Banco Carregosa no valor de 20 mil euros. A investigação vencedora da segunda edição deste prémio que é promovido pela Ordem dos Médicos do Norte foi realizada em moldes pouco habituais: não teve o apoio da indústria farmacêutica, decorreu em unidades […]
19 de Fevereiro de 2018.

Raias usam as fontes hidrotermais

Equipa de biólogos descobriu uma espécie de raia que utiliza as fontes hidrotermais para acelerar o desenvolvimento dos seus embriões. O fundo do oceano é um mistério, sempre o foi. A cada dia que passa tentamos desvendar cada vez mais do que vai acontecendo no (incrível) mundo submarino. Agora foi a vez da equipa encabeçada por Pelayo Salinas-de-León, um biólogo marinho, que numa investigação da Estação de Investigação Charles Darwin, nas Galápagos, descobriu que existe uma espécie de raia a incubar os seus ovos usando o calor vulcânico emitido pelas fontes hidrotermais naquela zona. Um “comportamento único” observado pela primeira vez no mundo marinho, como refere o artigo científico da equipa de investigadores. A descoberta veio após a exploração do […]
16 de Fevereiro de 2018.

Doutoramentos nos politécnicos

Mudança foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros. O presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) disse nesta quinta-feira que este organismo terá de “analisar com serenidade” o documento aprovado em Conselho de Ministros que admite que os politécnicos passem a poder dar doutoramentos. Em declarações aos jornalistas, António Fontainhas Fernandes disse que o CRUP “ainda não conhece em detalhe o diploma”, apontando que recebeu a orientação da tutela de que os documentos serão enviados para análise. “O CRUP ainda não reuniu formalmente para analisar nem o relatório da OCDE nem qualquer outra medida que resulte do relatório. O senhor ministro já fez uma apresentação das principais linhas ao Conselho de Reitores, mas ficou de enviar para […]
12 de Fevereiro de 2018.

Marte em Omã

Um grupo de “astronautas” está isolado desde a última quinta-feira numa base no deserto de Dhofar, a simular as condições de vida em Marte e a fazer experiências como se estivessem lá. O português João Lousada é um deles e o vice-comandante desta missão. Um pedaço de Marte (ou a sua simulação) está mais perto de nós. É no deserto árido de Dhofar, em Omã, que até ao final deste mês seis pessoas vão ficar isoladas e a fazer experiências como se estivessem numa verdadeira missão em Marte. Este exercício chama-se Amadeus-18 e tem entre os seus “astronautas” o português João Lousada. Marte fica a cerca de 54 milhões de quilómetros da Terra, quando os dois planetas estão mais perto. […]
6 de Fevereiro de 2018.

10 anos a proteger o lince-ibérico

Estima-se que existam agora na natureza, em Portugal e Espanha, quase 550 linces-ibéricos. Apesar do sucesso da criação em cativeiro e da sua reintrodução no meio natural, o predador continua ameaçado pela escassez de alimento, a ocupação humana dos seus habitats e a baixa diversidade genética. No Parque Natural do Vale do Guadiana, a reintrodução do lince-ibérico (Lynx pardinus) está a revelar-se promissora. Os 27 linces que deambulam num território com cerca de 125 quilómetros quadrados, distribuídos pelos concelhos de Mértola, Serpa e Castro Verde, dispõem de condições naturais para procriar e de uma razoável densidade de coelhos-bravos, o seu suporte alimentar, até agora únicas em Portugal. O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) fez agora um […]
5 de Fevereiro de 2018.

Nova abordagem contra o cancro

Investigação foi liderada pela Universidade do Minho. Uma equipa liderada pela Universidade do Minho demonstrou que medicamentos usados no combate ao carcinoma da mama também são “extremamente eficazes” na redução da agressividade do cancro do colo do útero, propondo uma “terapia combinada”, anunciou aquela universidade em comunicado de imprensa. Na nota de imprensa, explica-se que a nova abordagem proposta para o cancro do colo do útero resulta da investigação liderada por Olga Martinho, cientista do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Universidade do Minho. “Surgiu depois de os investigadores terem mostrado pela primeira vez que a presença excessiva da proteína HER2 em pacientes com esta patologia pode abrir portas para tratamentos mais eficazes”, acrescenta-se. A […]
5 de Fevereiro de 2018.

Primeira nevada

Ver pela primeira vez os flocos de neve a caírem desde os céus, é de uma magicalidade imensa. Quando nascemos numa ilha um tanto tropical, temos sempre aquele pequeno desejo de ver neve pela primeira vez bem como de a sentirmos. É tão bonito ver os pequenos flocos de neve a descerem pelos céus, numa fluidez imensa e, a caírem nos demais objectos que encontram pelo caminho. Estes flocos de neve pintalgarão todas as ruas e ruelas, árvores e arbustos, casas e casario, é bonito ver tudo coloreado de branco, algo que nos transmite uma calma intensa e uma paz emersa. Andar na neve é das situações mais cómicas de sempre, nunca sabemos onde nem como podemos escorregar, pois cria-se […]
2 de Fevereiro de 2018.

Experiência incomparável

O SVE é um projecto fascinante que permite fazer voluntariado noutro país e crescer como ser humano. Eu tive conhecimento do Serviço Voluntário Europeu (SVE) quando estudava na universidade e a minha melhor amiga fez um projecto de SVE em Espanha e, a partir desse momento, a minha curiosidade sobre esta oportunidade desenvolveu-se. Com o final dos meus estudos, decidi que queria ter uma experiência diferente e o que a União Europeia nos proporciona e financia, era o que eu precisava. Iniciei a minha busca por projectos em Itália, país que já tinha visitado e que tinha despertado um interesse particular em mim devido à sua vasta cultura, as suas magníficas cidades e paisagens, a excelente comida e a semelhança […]
5 de Outubro de 2017.

Romance with the Mountains

I am in the middle of my EVS project and I feel hungrier and hungrier of discovering Madeira and people all around me. Is so many views to see, kilometres to walk and topics to talk about. My brain has already registered many gorgeous memories, mostly during my free time when I was among the nature, especially in the mountains. As said Peter Croft, Canadian rock climber and mountaineer: There is such good stuff in the mountains. This stuff is free and you can take it for free. Rock star says that his first love is guitar, Sailor´s heart belong to the Ocean, and I can say that Mountains are my lover. As a teenager I was very active scout, […]
2 de Outubro de 2017.

Architectural heritage

You can vote in referendum, write a petition or have a deep discussion with councillor about architecture. Don´t let your heritage desapear. Every single day, when I am walking around the down town of FunchaI I can see hundreds of buildings in poor conditions. Sometimes I am afraid of going next to them – nobody wants to be hit by felling down layers. The residents of that places are cats and homeless people, who risks a lot, because the God only knows when they may collapse. In the effect of huge emigration of Madeiran, people started to leaving their properties and houses without care. The Portuguese low is saying that if you don´t take response for your building, for the […]
28 de Setembro de 2017.

Expectations versus reality

As Madeira is not the first Portuguese island which I visited, I knew what I should expect here. Before coming to Madeira I spend part of my studies on Erasmus exchange program in Azores and because of that I did not think ‘always expect unexpected’. When I arrived I was not surprised by the Madeiran weather, climate, high humidity, cockroaches, lizards, and very narrow streets. People were also very nice and the city of Funchal seemed like a safe place. However, what surprised me at first was that Funchal is much bigger and it hosts much more tourists that I thought. That is why, in my opinion, people here are more open to other cultures. Also because of that, many […]
21 de Setembro de 2017.

A language of Camões

Why in my homeland, Poland, more and more people start to learn Portuguese? Maybe because it sounds like a mixture of Russian and Spanish? Maybe because it is spoken by around 215 million of people? Maybe because we are just passionate about your country? In Poland there is only one official language and guess what? It is used as an official spoken language only there. So this is one of the possible reasons why many Poles want to learn other languages. Let’s be brutally honest: if some tourists visits our country we need to speak other languages to them because otherwise, they would be terrified. For foreigners, it is even hard to pronounce ‘sorry’ or ‘thank you’ in my mothertongue. […]
18 de Setembro de 2017.

A minha viagem ao Porto Santo

I thought that Madeira has become in another home to me. Today I was in Porto Santo, but it wasn´t an enjoyable trip along the island, even I shouldn’t be there, I just was there because the turbulence in a trip with Madeira island as the destiny. This happened as the end of my holidays and basically it was one of the three things that makes me think about my project (because I had too much time to think about it as the pilot was trying to land). The first the time was when I arrived at Spain and after eating Paella (my favorite Spanish plate) I told my family the history of my experience. It wasn’t just a tell, […]
15 de Setembro de 2017.

Wanderlust

The pros and cons of long hiking Being a perfectionist and a collector (both terrible features), I like to see things through – once I undertake a given task or a project, I’m determined to finish it in 100%. Here, on Madeira, one of those little quests of mine is to walk all the hiking trails listed by the website I always use to consult the trips. I mark every finished trail on my map of the island and each new line drawn on it gives my a sort of perverted joy only weirdos like me would understand. Needless to say, the more lines marked on the map at the end of the day, the merrier. I try to combine […]