A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

1 de Outubro de 2019.

The European project in the future

The future of the European Project depends on our acts now. As a young European citizen who has already participated in projects provided by the European Union, I know that the best way to support the European Project growth is taking part in diversified programmes such as studying abroad, voluntary service or any kinds of internships. These experiences give a new perspective for the future of young people. Mobility does not pose any difficulties anymore because it is a part of the projects mentioned above. Moreover, we are eager to apply for jobs abroad, to travel and stay in touch with all the people we have  met along our way. All the connections between the people and the sense of […]
30 de Setembro de 2019.

Estudantes luso-descendentes

Em 2019, 416 emigrantes e luso-descendentes ficaram colocados na primeira fase de acesso ao ensino superior. O secretário Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior frisa que Portugal “está de braços abertos” para os acolher. O número de luso-descendentes candidatos ao ensino superior em Portugal aumentou 150% em quatro anos, com 2019 a ser o mais concorrido da última década, segundo dados oficiais do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Portugal tem um contingente reservado a filhos de emigrantes de 7% do total das vagas nacionais no acesso ao ensino superior, o que corresponde a cerca de 3500 vagas. Na primeira fase do concurso de 2019, 483 emigrantes e luso-descendentes candidataram-se a instituições de ensino superior portuguesas, tendo ficado […]
29 de Setembro de 2019.

Freedom is participation!

As european citizens, we all have the responsibility to take care of the EU and contribute to its success, development and improvement.  The EU is not only an International Organization of States, it is a political and economical union based on the common interests, necessities, rights and obligations of all their citizens. It has been created to generate services and to manage and solve common problems of the European States in order to offer better life conditions to the citizens of this geopolitical area.  For this reason, the europeans have inherited the duty to participate actively towards the growth of the EU.  We are required to exercise our rights such as voting in the EU elections, to invest in its […]
28 de Setembro de 2019.

Envelhecimento dos professores

Monitor da Educação e da Formação de 2019 salienta também que “o investimento na modernização das infra-estruturas é insuficiente, em especial, na educação e no acolhimento na primeira infância nas zonas metropolitanas”. O envelhecimento da população docente é um problema identificado em Portugal no Monitor da Educação e da Formação de 2019, divulgado esta quinta-feira pela Comissão Europeia, que destaca ainda a “elevada proporção de pessoal não permanente”. “Os professores estão satisfeitos com o seu trabalho, porém, subsistem desafios tais como o envelhecimento da população docente, a elevada proporção de pessoal não permanente e as lacunas na integração e no desenvolvimento profissional contínuo”, lê-se na ficha de avaliação de Portugal. O relatório salienta também que “o investimento na modernização das […]
27 de Setembro de 2019.

Citizen of the EU

I’m proud and happy to be part of EU. Finland joined the EU in 1995 together with Sweden and Austria. It gives me so many opportunities, one of them, which I’m experiencing right now: the European voluntary service. What can I do to help the EU to survive and grow better? An obvious way is voting. It’s important to vote in your own country’s elections, and in EU elections. Decisions and changes made in one country might lead to other countries making the same kind of changes, in better direction. What I really like about EU, is that the borders are open. It makes travelling easy, and motivates me to travel more and see the world. That’s how EU brings […]
26 de Setembro de 2019.

Médias sobem na segunda fase

Nesta segunda fase, Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Porto foi o curso com a média mais alta: 19,58 valores. Oito cursos registaram na segunda fase uma nota média de entrada no ensino superior acima dos 19 valores, ficando também acima da média mais alta de 18,95 valores de Engenharia Aeroespacial do Instituto Superior Técnico registada na primeira fase. De acordo com os dados oficiais divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), na segunda fase a média de entrada mais alta pertence ao curso de Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Porto, com uma nota de acesso de 19,58 valores. Seguem-se Engenharia Aeroespacial e Engenharia Física Tecnológica, ambos do Instituto Superior Técnico da […]
25 de Setembro de 2019.

What can I do for the EU?

In these times it is so important to be a part of our society and to participate in the European Union. But what can we do for the European Union? At first, we can vote. All citizens of the European Union have a suffrage and we have to use it. Everyone can complain again about the politic of the EU but you can be an active part of it. And I think that most people in Germany know this. Because the voter turnout was 61,4 % in Germany for the elections to the European Parliament in 2019. And I was surprised that only 10.9% of the German voted for right populists. So, I think we are doing well in Germany. […]
24 de Setembro de 2019.

Grande Adria, o continente perdido

Há 240 milhões de anos separou-se do mega continente Gondwana; há 100 milhões de anos começou a colidir contra o sul do continente europeu. Quebrou-se e afundou-se. Restam apenas algumas rochas à superfície para contar a sua história. Depois de uma longa viagem pela história geológica da região do Mediterrâneo, uma equipa de investigadores conseguiu descobrir um continente “perdido”, actualmente enterrado sob os pés do Sul da Europa. Foi baptizado “Grande Adria” e, há 140 milhões de anos, tinha o tamanho da Gronelândia. Disponibilizado online no início deste mês pela revista científica Gondwana Research, este é o resultado de mais de dez anos de estudo de uma equipa formada por investigadores de vários países. Foi uma “grande quantidade de trabalho”, […]
23 de Setembro de 2019.

A Europe of my grandchildren

How can we ensure the future of the European Project in the coming decades? Firstly, I doubt that there will be a European Project for my grandchildren (if I have any at all?) The problem is divided into certain reasons of why there might not be a future. If I were to have grandchildren and they were British citizens (unless I marry a someone from the EU 27 or if my children marry someone from the EU) then I do not think they will have access to European Citizenship. Brexit is the reason for this. My grandchildren would not be concerned necessarily with the European project because I believe that the UK by my estimations and how things are going […]
21 de Setembro de 2019.

The future of Europe

Europe will not be made all at once, or according to a single plan. It will be built through concrete achievements which first create a de facto solidarity’. So said Robert Schuman in his famous declaration, launching the European integration project on 9 May 1950. Almost 70 years on, his words are as true as ever. The solidarity between Europe’s people and nations must constantly be adapted to deal with the new challenges posed by a changing world. What can I do for the future of the European Union to survive and grow in the coming decades? What can I do, as a member and citizen of the European Union that at the time of emerging denominations such as the […]
27 de Agosto de 2018.

Concursos para contratar doutorados

Observatório do Emprego Científico, lançado em Julho, criou pressão sobre os responsáveis das instituições a acelerar os processos. Há 1337 concursos abertos, 76% dos que já foram validados pela FCT. Entre meados de Julho, quando o Governo criou o Observatório do Emprego Cientifico, e esta semana, os centros de investigação e as instituições de ensino superior abriram 745 novos concursos para a contratação de doutorados ao abrigo da norma transitória da lei do emprego científico. Esse número corresponde a 56% do total dos concursos que foram iniciados desde o lançamento do processo, em Janeiro do ano passado. Ou seja, num mês e meio foram lançados mais 153 concursos do que nos 18 meses anteriores. Quando o Governo criou o observatório, […]
25 de Agosto de 2018.

Satélite com tecnologia portuguesa

O satélite, que leva equipamentos fabricados pelas empresas aeroespaciais portuguesas LusoSpace e Omnidea, vai permitir aos cientistas obterem informações sobre a velocidade do vento quase em tempo real. O satélite europeu Éolo, que vai estudar os ventos da Terra e incorpora tecnologia portuguesa, foi lançado nesta quarta-feira da base espacial de Kourou, na Guiana Francesa, anunciou a Agência Espacial Europeia (ESA). O Éolo foi lançado às 22h20 (hora de Lisboa) a bordo de um foguetão Vega e terá alcançado a órbita 55 minutos depois a uma altitude de 320 quilómetros, para uma missão de três anos. O lançamento do Éolo (o nome do deus dos ventos na mitologia grega) estava previsto para terça-feira, mas foi adiado devido a “condições atmosféricas adversas”, […]
13 de Agosto de 2018.

Cirurgia inovadora em Gaia

A nova técnica cirúrgica traz benefícios ao doente como uma incisão na pele mais pequena e um risco de mortalidade reduzido, enquanto a redução total do pulmão tem uma taxa de mortalidade operatória entre os 10% e 15%. O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNGE) realizou, pela primeira vez em Portugal, uma nova cirurgia de extracção de tumores nos brônquios, que “surge como alternativa à remoção total do pulmão”, revelou o cirurgião responsável pela intervenção, José Miranda. Através de um sistema óptico, com recurso a uma câmara, o novo método consiste numa “incisão na pele de três ou quatro centímetros, no meio das costelas”, que permite retirar a parte do brônquio onde se encontra o tumor, […]
9 de Agosto de 2018.

Quanto valem os dados do nosso ADN?

O mercado de ADN está a chegar. Há empresas farmacêuticas a investir milhões de euros em empresas que têm dados genéticos. O interesse é criar novos medicamentos. Sabe quanto vale o seu ADN? Pode ser cada vez mais precioso. Como milhões de pessoas pagam testes caseiros para conhecer a sua ascendência ou riscos de saúde, os dados genéticos estão a tornar-se um recurso cada vez mais valioso para os fabricantes de medicamentos, que estão a desencadear uma corrida para criar um mercado de ADN. A decisão da empresa farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) de investir 259 milhões de euros (300 milhões de dólares) na 23andMe e o estabelecimento de um acordo exclusivo com esta empresa privada de genómica pessoal para desenvolver medicamentos […]
7 de Agosto de 2018.

Travar o aquecimento global

Ainda vamos a tempo de travar o aquecimento global? Ou teremos de nos adaptar a um planeta cada vez mais quente? Um estudo mostra por que estamos muito perto de ultrapassar um ponto de não retorno. Desde 1980, a temperatura média da Terra subiu cerca de um grau Celsius por causa do aumento da concentração de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, lançado na queima de combustíveis fósseis. O Acordo de Paris de 2015 foi a mais recente tentativa de travar esta escalada. Os países que ratificarem o acordo comprometem-se a reduzir as emissões de CO2 a partir de 2020 para que o aquecimento global não atinja os dois graus e, preferencialmente, se mantenha abaixo dos 1,5 graus. A esperança […]
6 de Agosto de 2018.

Forma de retardar o envelhecimento?

Ao aumentar a actividade de um gene numa cultura de células envelhecidas, conseguiu-se rejuvenescê-las. No fundo, todos gostaríamos de ter a receita do elixir da juventude. Mas antes de isso se tornar possível ainda há muito a esclarecer sobre o envelhecimento. Desta vez, uma equipa coordenada por Elsa Logarinho, do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC) e do Instituto de Inovação e Investigação em Saúde (i3S), no Porto, fez as seguintes questões: por que é que a pele envelhece e por que é que com o envelhecimento perde capacidade regenerativa? Ao estudarem células da pele, os cientistas acabaram por descobrir que o seu envelhecimento está relacionado com a actividade (expressão) do gene FOXM1, como se este fosse assim o […]