A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

9 de Julho de 2020.

Sibéria com a temperatura mais alta

Dados foram divulgados pelo Serviço Europeu para as Alterações Climáticas do programa Copérnico. O mês de Junho foi o mês mais quente em todo o mundo desde que há registos, e os termómetros subiram para valores anormais na Sibéria, indicou esta terça-feira o Serviço Europeu para as Alterações Climáticas do programa Copérnico. “Junho de 2020 foi o mês de Junho mais quente desde que se começaram a registar os dados, com um aumento de 0,53 graus Celsius acima da média verificada no período 1981-2010”, indicou o organismo europeu, que já tinha notado uma subida das temperaturas no mês de Maio. Além dos valores globais é o “calor excepcional” na Sibéria árctica que retém a atenção do serviço europeu. Na região […]
8 de Julho de 2020.

Algas como fonte de ómega-3?

Embora os cientistas digam que as microalgas não devam substituir completamente o peixe como fonte alimentar, podem ser outra fonte de ácidos gordos de ómega-3. As microalgas podem ser uma fonte alternativa de ácidos gordos ómega-3, substituindo espécies de peixe e sendo mais amigas do ambiente, segundo um estudo da Universidade Martinho Lutero, de Halle-Wittenberg, Alemanha. O estudo, publicado na revista científica Journal of Applied Phycology, baseia-se em investigações de cientistas alemães que indicam que a criação de microalgas para alimentação pode ser uma boa alternativa a peixes de aquacultura como o salmão. As microalgas são investigadas há décadas, primeiro para matéria-prima para combustíveis alternativos aos fósseis e mais recentemente como fonte de nutrientes na dieta humana. Actualmente são especialmente […]
7 de Julho de 2020.

Cérebros, mães e decisões

Numa investigação relacionada com o consumo de drogas após o parto observou-se o que acontece no cérebro de ratos fêmea quando escolhem as suas crias em vez de cocaína, ou vice-versa. O consumo de drogas após o parto é um problema que tem consequências nefastas tanto para a mãe como para os filhos. O que acontece então no cérebro quando uma mãe prefere (ou não) cuidar dos seus filhos? Esta foi a questão de uma investigação relacionada com o consumo de drogas após o parto liderada por cientistas de duas instituições científicas dos Estados Unidos. Para isso, fizeram experiências em fêmeas de ratos e viram que, quando se inactivava uma região do cérebro – o córtex infra-límbico –, esses animais […]
6 de Julho de 2020.

Portugal com desflorestação abrupta

Paulo Fernandes, especialista em incêndios da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, diz que os processos de desflorestação em Portugal nos últimos anos devem-se “esmagadoramente” aos fogos florestais. A área de desflorestação e perda de biomassa florestal aumentou 49% e 69%, respectivamente, na União Europeia (UE) entre 2016 e 2018 face ao período entre 2011 e 2015. A última edição da revista científica Nature revela que, em Portugal, se deu uma variação de 56% no ritmo da área desflorestada no período 2016-2018 em relação a 2004-2015. A estratégia florestal comunitária no pós-2020 pode estar em risco. Na UE, as florestas representam aproximadamente 38% da superfície total da Terra. A Suécia, Finlândia, Espanha, França, Alemanha e Polónia são os Estados-membros com […]
3 de Julho de 2020.

Detectar incêndios com aeronaves

Projecto recolhe imagens com câmaras de vídeo instaladas em aeronaves tripuladas ou não tripuladas. Uma equipa portuguesa está a desenvolver um sistema de identificação de incêndios a partir de sensores e imagens recolhidas por câmaras de vídeo instaladas em aeronaves tripuladas ou não tripuladas. O projecto de investigação Firefront, que foi apresentado esta terça-feira no Aeródromo de Santa Cruz, em Torres Vedras, está a testar câmaras de vídeo para recolha de imagens e sensores de detecção de fogos instalados em aeronaves. O projecto pertence a um consórcio, que integra a Força Aérea Portuguesa, o Instituto de Sistema e Robótica do Instituto Superior Técnico (IST), o Instituto de Telecomunicações de Lisboa, o Aeroclube de Torres Vedras, o centro de investigação de […]
2 de Julho de 2020.

FCT e estudo do impacto da COVID-19

Financiamento total dos vários projectos é 500 mil euros. Universidades, centros de investigação e uma associação, com 16 projectos para estudar violência doméstica, impactos no trabalho e saúde mental de grávidas em contexto de covid-19, arrecadaram meio milhão de euros para estudar impactos de género da pandemia. O concurso “Gender Research 4 Covid-19” promovido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), em articulação com a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade e o apoio da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), lançado pelo Governo para estudar impactos de género no âmbito da pandemia, recebeu 145 candidaturas, das quais 16 foram seleccionadas para receber financiamento, no total em cerca de 506 mil euros, […]
29 de Junho de 2020.

Portugal em telescópio solar

A parecela portuguesa a investir no telescópio deverá rondar os três milhões de euros. O futuro Telescópio Solar Europeu (EST), que tem participação portuguesa e foi apresentado em Coimbra esta quinta-feira, deve entrar em actividade em 2027 nas ilhas Canárias (Espanha) para estudar a influência do Sol sobre a Terra. A partir dos dados científicos proporcionados pelo EST (sigla em inglês), as entidades envolvidas no projecto pretendem investigar os impactos da actividade solar nas pessoas e em geral na vida do planeta, bem como nos equipamentos tecnológicos, por exemplo. O novo Telescópio Solar Europeu foi apresentado a cientistas e empresários no âmbito do Portugal EST Day, um evento em formato webinar organizado pela Universidade de Coimbra, através do Observatório Geofísico […]
24 de Junho de 2020.

Temperaturas continuam muito altas

Temperatura da superfície da Terra atingiu os 45 graus Celsius em diversas regiões do Círculo Polar Árctico a 19 de Junho. No mesmo dia, a temperatura do ar chegou aos 38 graus na cidade siberiana de Verhojansk. Especialistas estão a investigar Inverno “anormalmente ameno” na região russa. A onde de calor que está a afectar a Sibéria voltou a atingir temperaturas recorde. Depois de a 9 de Junho os termómetros terem chegado a picos anormais para esta altura do ano, algumas cidades russas localizadas no Círculo Polar Árctico chegaram, a 19 de Junho, aos 45 graus Celsius. Os dados, recolhidos pelo Serviço Europeu de Alterações Climáticas do Copernicus, foram divulgados esta terça-feira pela Direcção-Geral da Indústria da Defesa e do […]
23 de Junho de 2020.

744 acções de solidariedade social

O levantamento foi feito pelo Observatório de Responsabilidade Social e Instituições de Ensino Superior. As instituições do ensino superior implementaram mais de 700 acções de responsabilidade social desde o início do estado de emergência, em Março, dedicando-se, sobretudo, ao combate à covid-19 e ao apoio social dos estudantes. Segundo um levantamento feito pelo Observatório de Responsabilidade Social e Instituições de Ensino Superior (ORSIES) divulgado esta segunda-feira, 47 instituições de ensino superior foram responsáveis por 744 acções promovidas ao longo de dois meses, entre Março e Maio. Entre universidades e institutos politécnicos, públicos e privados, as instituições trabalharam para responder não só às necessidades internas, dos estudantes e da comunidade académica, mas também a necessidades da sociedade em geral. Entre as […]
22 de Junho de 2020.

Ensino presencial em Setembro

O ministro da Ciência e do Ensino Superior ressalvou que o regresso “tem de ser feito com responsabilidade, mas se não é o Ensino Superior a mostrar e a ensinar às pessoas como é que se vive com responsabilidade, quem é que poderá ser?”. O ministro da Ciência e do Ensino Superior afirmou, esta sexta-feira, que o ensino superior “vai ser de certeza presencial” a partir do novo ano lectivo e que deve dar o exemplo de como aprender a viver com a pandemia. “Vai ser de certeza presencial, disso temos a certeza”, declarou o ministro Manuel Heitor, à margem de uma iniciativa sobre o pós-covid-19, no Instituto Politécnico de Bragança (IPB). O governante vincou que cabe às instituições fazerem […]
9 de Julho de 2020.

Sibéria com a temperatura mais alta

Dados foram divulgados pelo Serviço Europeu para as Alterações Climáticas do programa Copérnico. O mês de Junho foi o mês mais quente em todo o mundo desde que há registos, e os termómetros subiram para valores anormais na Sibéria, indicou esta terça-feira o Serviço Europeu para as Alterações Climáticas do programa Copérnico. “Junho de 2020 foi o mês de Junho mais quente desde que se começaram a registar os dados, com um aumento de 0,53 graus Celsius acima da média verificada no período 1981-2010”, indicou o organismo europeu, que já tinha notado uma subida das temperaturas no mês de Maio. Além dos valores globais é o “calor excepcional” na Sibéria árctica que retém a atenção do serviço europeu. Na região […]
24 de Junho de 2020.

Temperaturas continuam muito altas

Temperatura da superfície da Terra atingiu os 45 graus Celsius em diversas regiões do Círculo Polar Árctico a 19 de Junho. No mesmo dia, a temperatura do ar chegou aos 38 graus na cidade siberiana de Verhojansk. Especialistas estão a investigar Inverno “anormalmente ameno” na região russa. A onde de calor que está a afectar a Sibéria voltou a atingir temperaturas recorde. Depois de a 9 de Junho os termómetros terem chegado a picos anormais para esta altura do ano, algumas cidades russas localizadas no Círculo Polar Árctico chegaram, a 19 de Junho, aos 45 graus Celsius. Os dados, recolhidos pelo Serviço Europeu de Alterações Climáticas do Copernicus, foram divulgados esta terça-feira pela Direcção-Geral da Indústria da Defesa e do […]
2 de Fevereiro de 2019.

Um planeta de extremos

Nos Estados Unidos, um frio inimaginável já causou várias mortes. Na Austrália, um calor muito para lá do normal está a pôr o país debaixo de seca e incêndios. Ambos os fenómenos estão associados às alterações climáticas. Esta semana a Terra está a viver situações extremas. Enquanto nalguns sítios dos Estados Unidos se alcançaram temperaturas mínimas de cerca de 40 graus Celsius negativos – o que já causou pelo menos doze mortes –, na Austrália as temperaturas ultrapassaram os 40 graus positivos nalguns locais. Esta onda de calor desencadeou uma seca severa e incêndios florestais devastadores. Nos Estados Unidos, 14 estados do Centro-Oeste e do Leste do país estão em alerta devido ao vórtice polar que lançou um manto de […]
8 de Outubro de 2018.

Limitar aquecimento global em 1,5ºC

É preciso adoptar “medidas sem precedentes” para que a temperatura global não ultrapasse os 1,5 graus Celsius. Portugal pode ser um bom exemplo, diz associação ambientalista Zero Nos próximos anos, o aumento da temperatura global vai levar à subida do nível da água do mar, ao aumento dos fenómenos climáticos extremos em número e em intensidade, à destruição de alguns ecossistemas, a perdas na produção de alimentos e por aí em diante. Tudo isto são certezas quase absolutas para a comunidade científica. Mas há uma forma de, pelo menos, atenuar estas alterações: limitando o aumento da temperatura global a 1,5 graus Celsius em relação aos valores pré-industriais. E, apesar de exigir um esforço significativo, ainda é possível fazê-lo, diz o último […]
10 de Abril de 2018.

Neve na Antárctida aumentou 10%

Um estudo britânico analisou a queda de neve no continente gelado entre 1800 e 2010. Os resultados elevam as esperanças de desaceleração no aumento do nível das águas dos oceanos. A queda de neve na Antárctida aumentou em cerca de 10% nos últimos 200 anos, de acordo com os resultados de um estudo apresentado nesta segunda-feira na reunião da União Europeia de Geociências (UEG), em Viena, Áustria. A equipa internacional de investigação, liderada pela British Antarctic Survey, analisou 79 núcleos de gelo recolhidos no continente antárctico, de forma a analisar as alterações na queda de neve e o impacto no nível das águas do mar. O estudo, publicado na revista Climate of the Past, mostra que houve um aumento significativo […]
3 de Abril de 2018.

Deserto do Saara está em expansão

Estudada a evolução das fronteiras do deserto do Sara num período de 93 anos. Concluiu-se que o deserto aumentou cerca de 10% e entre as causas estão as alterações climáticas de origem humana. O maior deserto (árido) do planeta ainda está a ficar maior. Esta é uma das principais conclusões de um estudo sobre o deserto do Sara feito por dois cientistas dos Estados Unidos e publicado esta quinta-feira na revista científica Journal of Climate. Por um lado, se olharmos para as dinâmicas anuais, este deserto expandiu-se cerca de 10% desde 1920. Por outro lado, se virmos só o Verão, o crescimento é de cerca de 16%. Os cientistas estimam que as alterações climáticas, agora de origem humana, tenham contribuído […]