A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

6 de Novembro de 2017.

Terra perto do terceiro ano quente

No dia em que começa mais uma conferência da ONU sobre o clima, ficámos a saber que o nosso planeta continua a aquecer. É muito provável que 2017 seja o terceiro ano mais quente desde que há registos meteorológicos sistemáticos: a temperatura média global da Terra entre Janeiro e Setembro deste ano foi de aproximadamente 1,1 graus Celsius acima da era pré-industrial, divulgou a Organização Meteorológica Mundial (OMM) esta segunda-feira na abertura da conferência das Nações Unidas sobre o clima, em Bona, na Alemanha. Na 23.ª Conferência do Clima da ONU (COP23), que decorre até 17 de Novembro, é a primeira vez que os representantes de quase 200 países se reúnem depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter anunciado, […]
6 de Novembro de 2017.

Experiência gratificante

O SVE teve um grande impacto na minha vida, tanto a nível pessoal como profissional. Ter acabado a licenciatura e ter vivido sempre na ilha foram dois dos motivos que me levaram a fazer SVE, uma espécie de preparação pessoal para o futuro: viver sozinho ou compartilhar apartamento com outras pessoas num outro lugar. Candidatei-me a todos os projetos em Espanha, mas sem resposta. Mais tarde fui informado acerca de uma desistência de um projeto numa província de Barcelona, Espanha, e voltei a candidatar-me. Embora não tivesse muitas esperanças de ficar selecionado, uma vez que estudei artes e o projeto estava relacionado com pessoas descapacitadas, fui aceite. Foi um experiencia muito gratificante. No início estava um pouco receoso, era uma […]
4 de Novembro de 2017.

Madeira: Health SPA

Which of these seems more appealing to you : ´home is where your heart is´ or rather ´home is where the money is? I was born in the Eastern part of Poland, exactly in Lublin City. With its 700-year-long history, picturesque Old Town and 9 universities (public and private) it should attract many young people. So it is, but the problem is that after they graduate from university most of them need to emigrate to find a job either to bigger cities like Warsaw, Cracow or to other European countries. That is one of the reason why after finishing my degree I did not even try to look for job in my hometown – I chose Cracow instead. After one […]
1 de Novembro de 2017.

What I missed about Portugal

In spring I did my short-term EVS in Portugal, Palmela. There are some things I realised I’ve been missing. 1) The sun. Okay, so I spent my spring in sunny Portugal, went home for a sunny summer and came here to spend the next 10 months in the sun. Well, now I remember that we don’t actually have sun in Finland, even in summer. At home you have to carry your jacket with you all the time and you don’t have to wear any sun lotion. When I did both of those things here, I noticed that the first one was unnecessary and the second one was a huge mistake. 2) The food. Pasteis de nata, bolo do caco, bifanas, […]
31 de Outubro de 2017.

Facebook deixa media em alerta

Seis países em três continentes estão a servir de cobaias para uma separação entre conteúdo pessoal e notícias. A dependência que a comunicação social tem do Facebook tornou-se este mês evidente, quando um teste de uma nova funcionalidade levou a que sites informativos de seis países perdessem grande parte da audiência na rede social, com consequências para as receitas publicitárias. Na Eslováquia, Sri Lanka, Sérvia, Bolívia, Guatemala e Cambodja, o Facebook tirou do feed principal todas as publicações feitas por páginas, o que inclui as páginas de empresas e outras organizações, bem como as páginas dos meios de comunicação. Para aceder a estes conteúdos, os utilizadores têm agora de ir a uma nova área, chamada Feed Explorar. Este feed, que […]
30 de Outubro de 2017.

Consultas que começam atrás do ecrã

As videoconsultas não são para todas as especialidades nem para todos os utentes. Esbatem distâncias e tempo, dizem os adeptos. Mas dificilmente o diagnóstico “poderá passar pelo Skype”. Falada há mais uma década, a telemedicina ainda carece de regulação, diz especialista em Bioética. Lillian Barros viveu até aos 18 anos no Algarve, uma das zonas do país mais desfalcadas em serviços de saúde, e aprendeu o que “era viver limitada no acesso a algo tão básico”. A noção de distância desapareceu quando começou a estudar nutrição em Lisboa, para rapidamente voltar quando viu, com a crise, alguns dos seus doentes emigrarem. “Muitas pessoas que acompanhava saíram do país e não conseguiam ter um acompanhamento nutricional que falasse a mesma língua […]
30 de Outubro de 2017.

O meu SVE em Balchik

O meu EVS em Balchik, uma pequena cidade Búlgara banhada pelo Mar Negro, foi uma das experiências mais enriquecedoras que tive a sorte de ter. Mal soube da oportunidade decidi logo inscrever-me, visto o projeto ter como intuito a organização de um festival de cinema, a área que estudei, e que por isso me interessa bastante. Foi uma oportunidade perfeita porque me permitiu ver como funciona realmente um festival, e ser uma parte ativa na sua realização. Para além de me permitir ter este contacto direto com a área, permitiu-me ter uma experiência totalmente diferente durante um mês, ao viver com pessoas de diferentes países e culturas, e partilhar o meu espaço e tempo com elas muito intensamente. Diria que […]
30 de Outubro de 2017.

A food lover in paradise

As anyone who knows me would expect, I will have to share my impression and love of Portuguese food. My first experience of Portuguese food was on the flight to Madeira. I have to admit that I was disappointed when I first tried pastel de nata. But that was clearly the fault of the old ones which the flight attendants gave us. I have become a huge fan of them as soon as I tasted the freshly baked ones. By now I actually have to hold myself back, so I won’t buy every single one at the bakery. And not only pastel de natas, all pastries are alluring. Another inevitable food is bolo do caco. I don’t think that I’ll […]
26 de Outubro de 2017.

The Madeiran bubble

This island is so beautiful! And I feel so good. Last year, when I was in my final year of secondary school, I decided to wait starting my study and take a Gap-Year. After 6 years of hard work, I was sick of school and I wanted a life without any duties. However, when I finished my school and got my diploma, I felt bored and empty. I had no goal anymore and I really needed one. I tried to find a hobby like puzzling, reading a book and learning Portuguese words, but this was all soooo boring. So I stopped and kept on worrying about my problem of being purposeless. I’ve been here for about 3 weeks now, and […]
25 de Outubro de 2017.

Atribuídas mais de 12 mil bolsas

Com as novas regras em vigor e desde que mantenham as condições, estudantes têm renovação dos apoios garantida, o que facilita aprovação de candidaturas. Os Serviços de Acção Social das instituições de ensino superior já atribuíram mais cerca de 5000 bolsas de estudo neste ano lectivo do que em igual período do ano passado. Ao todo, já há 12.923 estudantes a receber este apoio do Estado. A análise das candidaturas está mais rápida em consequência das novas regras que tornam automática a renovação das bolsas para os alunos que mantêm as mesmas condições. No início de Outubro do ano passado, tinham sido diferidas 7985 candidaturas a bolsas de acção social. O total de bolseiros que já estão a receber apoio […]
15 de Dezembro de 2018.

Udo Jürgens

A man who made songs for all generations. Jürgen Udo Bockelmann was born on the 30th of September 1934, in Klagenfurt, Austria. He was the child of two Germans and he grew up in a castle (Schloss Ottmanach) with his parents and his two brothers. Udo Jürgens taught himself how to play the piano when he was a kid. After high school, he started studying music in the academy of music of Karnten and later in the Mozarteum in Salzburg. The style of his music was Schlager-music, Chanson, Jazz and pop music. During his years of study, he started playing Jazz and Swing in the Café Lerch, a Café with dancing. In 1950, he won a composer competition in Austria, […]
13 de Dezembro de 2018.

Dezembro é mês de chuva de estrelas

Em Portugal, o fenómeno vai ser visível de 14 a 17 de Dezembro e, depois, entre os dias 17 e 26. Para apreciar estas chuvas de estrelas não é necessário nenhum equipamento específico, basta olhar para o céu. Durante esta semana, vai poder assistir a uma chuva de estrelas — ou melhor, de meteoros das Gemínidas. Em Portugal, o fenómeno vai ser visível de 14 a 17 de Dezembro, apesar de já ter começado no dia 4 deste mês, mas com menos intensidade. “Popularmente, é conhecida por chuva de estrelas, mas o que de facto estamos a ver é um enxame de meteoros, pequenas partículas de poeira ou restos de rochas que entram na nossa atmosfera e começam a arder. […]
12 de Dezembro de 2018.

Mein kleiner grüner Kaktus

An example of how Max Raabe’s music transcends time and space. Max Raabe enriches the musical landscape both nationally and internationally by reviving chansons from the 1920s and 1930s, re-interpreting contemporary songs, and composing film scores. In his early childhood, Raabe became passionate about music and joined a children’s choir. To further develop his talents, he attended singing classes and ultimately decided to study music at the Berlin University of the Arts. In Berlin, he soon found like-minded people and established the Palace Orchestra in 1985. The orchestra specialized in performing music from the 1920s and 1930s. A decade later, the orchestra released a series of songs, one of which appeared in a German film production. Ever since, the orchestra […]
11 de Dezembro de 2018.

Herança Madeirense: um ano depois

Um ano depois da distinção do Programa Herança Madeirense. Há poucos dias assinalámos um ano desde que o Programa Herança Madeirense foi distinguido, a nível nacional, pelo Santander Universidades, com o Prémio Voluntariado Universitário. Desde então, a ele juntaram-se outras 8 novas distinções e uma renovação da equipa de voluntários bem como o reforço e variedade dos percursos históricos e culturais disponibilizados. Nas passagens de ano é comum dedicarmos algum do nosso tempo a balanços e resoluções de futuro. Um ano depois, a Herança Madeirense renova-se e abre espaço à integração de novas ideias, de novos percursos e de novos voluntários, portugueses e estrangeiros. Um ano depois, o balanço é positivo e as resoluções de futuro incluem todos aqueles que, […]
11 de Dezembro de 2018.

Maior extinção da história da Terra

O estudo divulgado pela revista Science revela que a extinção em massa que ocorreu há 252 milhões de anos foi causada pelo aquecimento global. 96% das espécies marinhas foram exterminadas. A maior extinção da história na Terra, que marcou o fim do período permiano, há cerca de 252 milhões de anos, foi causada por alterações climáticas, indica uma investigação divulgada na edição desta sexta-feira da revista Science. A extinção no final do permiano, no fim da era paleozóica e muito antes dos dinossauros, aconteceu quando o planeta estava repleto de plantas e animais, que foram praticamente extintos. Aquecimento global no Pleistoceno elevou o nível do mar até 13 metros Fósseis em rochas no leito dos mares mostram um ecossistema marinho […]
9 de Dezembro de 2018.

Mikel Laboa

One of the Basque Country’s most important singer-songwriters Considered the father of Basque music, his music has had an influence on younger generations. His album Bat-Hiru (“One-Three”) was chosen in a reader’s poll by the local newspaper as the greatest Basque album in history. Nearly all of his songs are sung in Basque. Mikel Laboa was born 15 June 1934 in Pasaia, Gipuzkoa. During his student years he became interested in music, influenced by artists such as Atahualpa Yupanqui and Violeta Parra. Following in their footsteps, Laboa would also identify himself as a “political artist”. During the 1960s, along with other Basque artists, he founded the cultural group Ez Dok Amairu (“There is no 13”), which in many ways wanted […]