Final ClimateLaunchpad
22 de Junho de 2017.
Viver sem plástico
26 de Junho de 2017.
Mostrar Tudo

Gmail com publicidade

Anúncios serão mostrados com base noutra informação recolhida pelo Google.

O Gmail vai deixar de analisar o conteúdo dos emails dos utilizadores para mostrar publicidade direccionada.

Actualmente, o Gmail usa as mensagens trocadas entre utilizadores como um factor para seleccionar os anúncios: por exemplo, mostrando anúncios de aluguer de carros numa determinada cidade quando um email menciona uma viagem para esse destino. É um sistema que tem gerado ocasionais controvérsias e queixas ao longo dos anos. Porém, a empresa decidiu agora que os anúncios passarão a ser mostrados consoante as preferências dos utilizadores (que podem optar por não ter publicidade direccionada) e consoante a informação que já é obtida nos outros serviços, como são o motor de busca e o YouTube.

A decisão, explica o Google, serve para colocar a publicidade no Gmail a funcionar de forma semelhante ao que acontece nos restantes produtos. A nota da empresa não especifica a data em que o sistema será alterado, referindo apenas que acontecerá ainda este ano.

A medida pretende também ajudar a vender o Gmail como um produto pago, que é comercializado pelo Google como parte de um conjunto de ferramentas para empresas. Chamado G Suite, este conjunto inclui também um processador de texto online, folhas de cálculo e agenda, concorrendo com o Office da Microsoft.

De acordo com a vice-presidente do Google Diane Greene, algumas empresas clientes do G Suite tinham dúvidas em relação a questões de privacidade no Gmail, apesar de a versão paga não ter publicidade. “O que vamos fazer é fazer com que deixe de ser ambíguo”, afirmou à agência Bloomberg.

Noticia do Público de 23/06/2017.