MIT Portugal abre candidaturas
23 de Janeiro de 2017.
Smart Heritage
25 de Janeiro de 2017.
Mostrar Tudo

Autonomia em debate

Mais uma vez, as universidades europeias realizam uma conferência anual para discutir os desafios atuais. Com a presença de figuras académicas e políticas, o encontro irá centrar-se na autonomia universitária e nos refugiados.

A Associação das Universidades Europeias (EUA) vai realizar a sua conferência anual, entre 6 e 7 de abril de 2017, em Bergen, na Noruega. O encontro irá focar-se na autonomia das instituições de Ensino Superior e na liberdade académica, endereçando os atuais desafios da política, economia e sociedade.

A iniciativa abrirá com a presença do Ministro da Educação e da Investigação da Noruega, Torbjørn Røe Isaksen, que discutirá a importância de desenvolver enquadramentos propícios para resolver os desafios diários que a Europa enfrenta. O debate centrar-se-á também nas razões que tornam a autonomia universitária essencial para a organização de atividades universitárias.

A conferência juntará os altos líderes institucionais, decisores políticos e restantes partes interessadas para partilhar as suas experiências e conversar sobre o impacto das recentes alterações na gestão, financiamento, recursos humanos e outras matérias académicas das universidades. O encontro visará igualmente as diferentes formas de contabilidade e a sua relação com a autonomia e liberdade. Na conferência irá ser analisada a tabela de desempenho da autonomia universitária da EUA e projetado o cenário para progredir nas áreas mais vulneráveis.

Finalmente, um outro tópico em discussão nesta reunião serão as experiências universitárias de receção de estudantes e investigadores refugiados. Em resposta à crise, as instituições europeias lançaram centenas de iniciativas para assistir e integrar os refugiados. Esta sessão está intimamente ligada ao Mapa de Boas-Vindas aos Refugiados da EUA, que demonstra o trabalho extensivo que a comunidade universitária tem desenvolvido para apoiar os alunos e os académicos que foram deslocados.

Notícia do Canal Superior de 24/01/2017.