Novo topo de gama da Oppo
28 de Setembro de 2021.
Microchips inspirados pela Natureza
30 de Setembro de 2021.
Mostrar Tudo

Mochila robótica segue o utilizador

Gitamini tem capacidade para transportar cerca de nove quilos e autonomia para percorrer 33 quilómetros. É uma mochila que segue o dono para todo o lado

A Piaggio Fast Forward, de Boston, esteve a desenvolver, nos últimos dois anos, o conceito de uma mochila que segue o utilizador. Depois do protótipo Gita de 2019 e de várias adaptações e melhorias, surge a Gitamini, com lançamento comercial previsto para outubro. A mochila pesa 12 quilos, consegue carregar até nove quilos e circular durante 33 quilómetros, podendo, com as pegas externas, ser facilmente transportada sobre passeios ou escadas. A autonomia anunciada é de seis horas.

A PFF usa tecnologia de visão computacional e ótica avançada para, com um botão apenas, a mochila identificar, de forma autónoma, reconhecer e seguir o seu ‘dono’. Não há necessidade de qualquer ligação GPS, de rede móvel ou Wi-Fi, explica o Engadget.

O sistema de seguimento foi treinado para seguir ‘regras de etiqueta pedestre’, ou seja, a mochila vai atrás do utilizador, mantendo uma distância de segurança e antecipando os movimentos dos transeuntes. Além das duas rodas, a Gitamini tem um terceiro motor dedicado a manter o equilíbrio, enquanto acelera e trava.

A mochila chega ao mercado a 15 de outubro com um preço de 1850 dólares, cerca de 1580 euros ao câmbio atual.

Clique aqui para ler a notícia da Exame Informática de 24/09/2021.