Dentro da cratera de Gale
25 de Agosto de 2021.
Mais candidatos mas menos vagas
30 de Agosto de 2021.
Mostrar Tudo

Nasceu um tubarão-bebé “milagre”

Um tubarão-bebé nasceu no tanque onde habitam duas fêmeas de tubarão no Acquario Cala Gonone, na Sardenha, Itália.

O tanque não mantém nenhum macho há mais de 10 anos, sendo que este pode ser o primeiro caso registado de reprodução assexuada na espécie.

O tubarão-bebé é uma fêmea, e foi chamado Ispera. Acredita-se que o tubarão seja o resultado da reprodução da partenogénese – uma reprodução assexuada na qual um óvulo pode se desenvolver num embrião sem ser fertilizado por um espermatozoide.

Os especialistas acreditam que o tubarão-bebé é, na verdade, um clone da sua mãe. A equipa enviou amostras de DNA dos dois tubarões adultos para um laboratório para confirmar as suspeitas

O nascimento da partenogénese resulta na clonagem da progenitora, pois o embrião recebe material genético de apenas um indivíduo. Uma forma comum deste tipo de reprodução é quando o óvulo é fertilizado por uma célula-ovo ainda imatura que se comporta quase como um espermatozoide.

A partenogénese é relativamente comum em invertebrados, como vermes, insetos, alguns aracnídeos e crustáceos. Raramente foi observada em vertebrados, incluindo alguns anfíbios, lagartos e peixes.

Clique aqui para ler a notícia do Sapo de 21/08/2021.