Inscrições ERASMUS 2021-2022
14 de Abril de 2021.
Colocação nos mestrados
30 de Abril de 2021.
Mostrar Tudo

Dúvidas sobre o Erasmus+?

A ACADÉMICA DA MADEIRA pretende, com este artigo, dar a conhecer alguns dos aspectos mais importantes sobre o programa de mobilidade Erasmus+. Este conjunto de perguntas e respostas, refere apenas as principais dúvidas relacionadas com o Erasmus+ e que foram abordadas numa sessão remota de esclarecimento decorrida a 21 de abril de 2021.

O programa Erasmus+ no quadro 2021-2027 será desmaterializado, ou seja, todo o processo de candidatura e documentação será electrónico e remoto, através de uma aplicação móvel ou um portal. Será, contudo, uma medida a ser implementada apenas no futuro.

1) Onde e como posso me candidatar para fazer mobilidade no âmbito do programa Erasmus+?

Basta clicares aqui. Encontrarás diversas informações e documentos relacionados com o programa de mobilidade Erasmus+, como o guia do estudante Erasmus+ e o formulário de inscrição. O formulário pode ser usado para estágio ou estudos.

2) Para realizar a mobilidade no ano lectivo 2021-2022, até quando estão abertas as candidaturas?

Até 30 de abril de 2021.

3) Como sei se posso me candidatar? Quais são as condições?

Esta mobilidade é baseada em acordos inter-institucionais entre as instituições de ensino superior participantes devendo cada uma ser detentora de uma Carta Universitária Erasmus.

Podem candidatar-se todos os alunos com as seguintes condições:

  • Encontrar-se matriculado num curso de licenciatura, de mestrado ou de doutoramento da Universidade da Madeira.
  • Ter as taxas e propinas regularizadas.
  • Ter realizado um mínimo de 60 créditos ECTS*, no caso de frequentar a licenciatura.

* Com exceção dos alunos que estejam a frequentar um mestrado ou um doutoramento, podendo realizar Erasmus+ no seu primeiro ano.

4) Por quanto tempo posso fazer mobilidade no âmbito do programa Erasmus+?

Podes fazer mobilidade no primeiro ou no segundo semestre ou até durante todo o ano lectivo.

As mobilidades para estudo têm uma duração mínima de 3 meses e máxima de 12 meses, por cada ciclo de estudo. As mobilidades para estágio têm uma duração mínima de 2 meses e máxima de 12 meses.

5) Posso fazer mobilidade em 2 países em semestres diferentes?

Sim, é possível. Quando estiveres a preencher o formulário de inscrição, seleciona o ano lectivo completo e basta deixares uma nota, no campo em que escolhes as universidades de acolhimento, que pretendes realizar em duas instituições diferentes, uma por cada semestre.

6) Existem apoios para o período que estarei fora do país?

Até ao ano lectivo 2020-2021, todos os estudantes selecionados pela UMa receberam a bolsa de mobilidade. Por isso, se a tua candidatura for aceite, em princípio, terás direito à bolsa de mobilidade. Como a Madeira pertence a uma zona ultraperiféria, os estudantes da UMa recebem uma majoração na bolsa de mobilidade além de um apoio para a viagem.

7) Qual é o valor da bolsa? Quando irei receber?

O valor das bolsas varia consoante o país a que se destinam e o número de meses de mobilidade. Convém salientar que as bolsas Erasmus+ não são bolsas de estudo, mas sim bolsas de mobilidade, que pretendem, unicamente, compensar o aluno relativamente ao diferencial do nível de vida do país para onde foi selecionado.

Assim, as bolsas de mobilidade não se destinam a cobrir a totalidade das despesas normais de subsistência do estudante, mas sim as despesas suplementares, resultantes da realização de um período de estudos noutro país. O valor das bolsas é definido anualmente.

Este ano, foram definidos 3 grupos de acordo com o país de destino e o respetivo custo de vida:

  • 670€/mês: Polónia, República Checa, Eslovénia.
  • 720€/mês: Espanha e Alemanha.
  • 770€/mês: países nórdicos (Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia).

Habitualmente, o estudante recebe 95% do total da bolsa antes da sua partida e os 5% remanescentes são entregues no final da mobilidade.

8) Sendo bolseiro da Acção Social/DGES, perco a bolsa se aceitar a bolsa de mobilidade Erasmus+?

Não perdes a bolsa da DGES, até recebes um complemento na bolsa da DGES por estares em mobilidade (cerca de 100€).

9) Tenho que pagar propinas na Instituição de acolhimento?

Não, os alunos no programa Erasmus+ estão isentos do pagamento de propinas ou de outras taxas de inscrição na Instituição de acolhimento. Porém, são obrigados a continuar a pagar propinas na Instituição de origem, neste caso, na Universidade da Madeira.

10) Quais são os países elegíveis para se fazer mobilidade no âmbito do programa Erasmus+?

Os países da União Europeia e os países parceiros. Ainda não existem protocolos celebrados com o Reino Unido.

11) Como funcionam as equivalências?

São tratadas sempre com o teu Diretor de Curso na UMa. O aluno tem que estabelecer o plano de estudos com o seu diretor para saber quais são as melhores equivalências. O Diretor de Curso é o responsável por validar o plano de estudos.

12) Quando posso comprar a minha passagem?

É recomendado só comprares passagem quando receberes a carta de aceitação.

13) Como trato do alojamento no país de acolhimento?

Depois de selecionado, a universidade de acolhimento envia as informações sobre o alojamento. Algumas universidades têm residências universitárias, podendo ser a opção mais adequada durante a tua mobilidade.

14) Quem trata das viagens?

É da responsabilidade do aluno, apesar de ser previsto, como referido, um apoio para suportar parte do custo da viagem.

15) Tenho que falar Inglês durante a mobilidade?

A língua depende da oferta que a instituição de acolhimento oferece. O Inglês costuma, enquanto língua franca, ser suficiente em algumas universidades. Noutras, deverá falar a língua do país de acolhimento. Deves verificar, consultando a informação disponibilizada pela universidade de acolhimento ou pelos docentes de cada disciplina, antes da mobilidade.

16) Os estágios profissionais em mobilidade também recebem bolsa? Até quando posso me candidatar?

Sim, também recebes uma bolsa de mobilidade por parte da UMa. Podes te candidatar a um estágio profissional no estrangeiro até um ano após a finalização de um ciclo de estudos.

17) Quais são os contactos para outras dúvidas?

Deves remeter uma mensagem de correio electrónico para o endereço paula.barreto@staff.uma.pt, à universidade de destino (Erasmus+ incoming) ou ao teu Director de Curso.