Bolsa de Alimentação e Escolar
19 de Março de 2021.
Dificuldades dos Estudantes
23 de Março de 2021.
Mostrar Tudo

Desafios do Ensino Superior

31 DESAFIOS

Num ano particularmente difícil para as Instituições de Ensino Superior, a Académica da Madeira apresenta o 2.º volume da obra ensaística 31 DESAFIOS PARA O ENSINO SUPERIOR.

O livro será apresentado às 14:00 do dia 26 de Março, no âmbito das comemorações que a ACADÉMICA DA MADEIRA promove na semana do Dia Nacional do Estudante (24 de Março), numa sessão online.

A apresentação terá como convidado Carlos J. Pereira, Deputado à Assembleia da República Portuguesa e autor de um ensaio que integra este volume, contando com Liliana Rodrigues, professora e investigadora da Universidade da Madeira que coordenou o 2.º volume, além de Alex Faria, Presidente da Direcção da ACADÉMICA DA MADEIRA.

ID da reunião: 885 0851 8255
Senha de acesso: 372475

31 DESAFIOS PARA O ENSINO SUPERIOR

Projectar a Universidade da Madeira para o futuro passa, também, por discutir, em conjunto, questões tão importantes e variadas que denominámos 31 DESAFIOS PARA O ENSINO SUPERIOR.

O primeiro volume da colecção foi publicado em 2019, assinalando o 30.º aniversário da Universidade da Madeira. Nesse ano, a ACADÉMICA DA MADEIRA tentou dar corpo a um conjunto de preocupações, de estudos e de pesquisas sobre as oportunidades e sobre os diversos constrangimentos impostos às instituições de ensino superior, com especial enfoque no ingresso, adaptação, frequência e sucesso dos seus estudantes.

Mais do que assinalar o inegável contributo que a Universidade da Madeira deu à sua região, celebrar os seus estudantes e estrutura estudantil, alumni e o corpo docente e não docente, pretendemos promover o diálogo e incentivar o pensamento em torno desses desafios e de outros que sejam integrados.

SINOPSE DA OBRA

OS 31 DESAFIOS nasceram da vontade de celebrar os 30 anos da Universidade da Madeira através de uma obra que pretende ser uma oportunidade de reflexão sobre variados temas ligados ao Ensino Superior, olhando para o passado e para o presente, mas também perspectivando futuros.

Os aniversários são ocasiões que permitem exercícios analíticos retrospectivamente sobre os trabalhos realizados, sem omitir ou secundarizar o que ainda é possível ou necessário fazer.
Para redacção dos textos, o convite foi endereçado a dezenas de pessoas, ligadas ou não ao Ensino Superior, para partilharem ensaios sobre temas que representam desafios ao sistema de ensino e de investigação, em Portugal e no mundo.

Desse desejo, primeiramente circunscrito a uma celebração, evoluímos para a intenção de iniciar um conjunto anual de ensaios, com o mesmo universo temático, contribuindo para a construção de um edifício de percepções, de análises e de contributos.

Assim, os 31 DESAFIOS pretendem enriquecer a discussão sobre o Ensino Superior, incentivando um debate contemporâneo, sem estar limitado ou condicionado, onde figura um pensamento livre como deve ser prática nas democracias, que são as melhores anfitriãs das instituições de ensino e de investigação.

Sobre a Coordenadora

Liliana Rodrigues é coordenadora científica do departamento de Ciências da Educação da Universidade da Madeira, onde é professora auxiliar com agregação e nomeação definitiva. Já leccionou como professora convidada em universidades espanholas e no Brasil. É doutora e mestre em Educação, e licenciada e pós-graduada em Filosofia, pela Universidade Nova de Lisboa.

Como investigadora do CIE-UMa/FCT conta com mais de cinquenta publicações de nível internacional e nacional e foi investigadora bolseira na Áustria e tem mais de trinta orientações científicas de alunos nacionais e estrangeiros e mais de cem conferências e comunicações.

Está fortemente ligada à qualificação, formação profissional e emprego, tendo sido coordenadora do Centro de Desenvolvimento Académico. Dedica parte do seu tempo ao financiamento de projectos através dos fundos europeus. Foi, ainda, deputada no Parlamento Europeu, entre 2014-2019.

Sobre a IMPRENSA ACADÉMICA

A primeira imprensa universitária nasceu em Coimbra, no séc. XVI, durante o reinado de D. João III.

A Imprensa Académica é uma editora universitária criada em 2014 pela Associação Académica da Universidade da Madeira, que é a sua proprietária e gestora.

Premiada em 2019 com o galardão Boas Práticas do Associativismo Estudantil pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, a equipa editorial da Imprensa Académica é composta por estudantes e por antigos estudantes da Universidade da Madeira (UMa). Profissionais, titulares do grau de licenciado ou do grau de mestre, dão formação e trabalham em conjunto com vários estudantes, investigadores e docentes.

A actividade da Imprensa Académica nasce do trabalho de um corpo de voluntários que integra todo o processo editorial, de comunicação e comercial, de forma a permitir a consciencialização do público sobre a importância da leitura enquanto competência fundamental para potencializar conhecimento e inclusão.

Criar leitores constitui o principal desafio assumido pela equipa de voluntários que promove conhecimento e, simultaneamente, o adquire. Cientes de que criar leitores é uma tarefa árdua, acreditamos que é fulcral para perpetuar um percurso escolar e académico de sucesso dos nossos jovens, para a criação de massa crítica e para a existência de uma sociedade aberta e inclusiva.

A editora assume uma forte componente de investigação na área cultural e educacional, através da publicação de obras desenvolvidas por autores madeirenses e, concomitantemente, integrar estudantes e antigos estudantes nos vários processos inerentes à publicação de uma obra, como a selecção de conteúdos, a transcrição, a adaptação de textos, a idealização, a revisão ou a promoção, possibilitando a aquisição de experiência e competências úteis para a sua integração futura no mercado de trabalho.