Pensar no Futuro, Agir no Presente
15 de Março de 2019.
Karl der Große
17 de Março de 2019.
Dia 23 de Março, às 21:00, no Largo do Município.

Os Fatum, o grupo de Fados da Académica da Madeira, apresentam ao público o 2.º e mais recente álbum discográfico, no dia 23 de Março, pelas 21:00, no Largo do Município.

Após alguns meses em trabalhos de gravação no “Paulo Ferraz Studio” o grupo, que reuniu neste projecto actuais e antigos membros da formação, apresenta o Álbum ‘Fado de Coimbra’ com 17 temas. Zeca Afonso, Antero de Quental, Rosália de Castro, Augusto Hilário, Carlos Paredes, Luiz Goes e, claro, Edmundo Bettencourt são alguns dos autores dos poemas interpretados por Carlos Diogo Pereira, César Dias e Pedro Ideia, acompanhados por Carlos Abreu, David Freitas, Diogo Cró, Diogo Freitas, João Baptista, John Sousa, Pedro Nunes e Pedro Gouveia. “Conciliar os estudos, os ensaios, as actuações e o voluntariado nem sempre é fácil mas é uma boa escola para o futuro, pessoal e profissional. É uma experiência fantástica”, disse o mais recente elemento do grupo, Francisco Olim, aluno do curso de Direcção e Gestão Hoteleira da Universidade da Madeira.

O evento, apoiado pela Câmara Municipal do Funchal, terá três grandes propósito: a apresentação pública do álbum “Fado de Coimbra”, a celebração do 5.º aniversário das visitas guiadas aos Paços do Concelho cujas receitas revertem a favor dos programas sociais e de voluntariado, de apoio aos estudantes da UMa e, mais importante, a comemoração do Dia Nacional do Estudante (24 de Março). “ Foi a 26 de Março de 2010, no âmbito do Dia Nacional do Estudante, que o grupo se apresentou ao público pela primeira vez e de forma ainda tímida”, refere Andreia Micaela Nascimento, uma das primeiras entusiastas da criação do grupo e que tem acompanhado estes 9 anos de História. “O álbum, que agora se apresenta, resulta do trabalho conjunto e voluntário de um conjunto de estudantes e de antigos estudantes apadrinhados pela Académica. Com actuações diversas, de onde se destacam os saraus mensais de entrada livre e solidária, o grupo evoluiu imenso nos últimos anos e de forma autodidata”, acrescenta.

O espectáculo, com início agendado para as 21:00, terá como convidados Rosa Madeira e os Fado Funcho, formação que tem vindo a participar em eventos musicais da Academia, nomeadamente os “Tributos a” e o programa na RTP – Madeira “Pátio dos Estudantes Especial 30 anos da UMa”, em parceria com o Conselho de Cultura e a Comissão Executiva das Comemorações dos 30 anos da UMa, a ter lugar este sábado, dia 16, no Colégio dos Jesuítas do Funchal.

Fatum, a caminho de uma década de existência

O Grupo de Fados foi constituído em Janeiro de 2010, contrariando a inexistência de tradição em fazer ouvir as vozes dos estudantes que acompanhavam os trinares das guitarras de Coimbra.

Há muito que a criação de um grupo desta natureza era objectivo da Académica da Madeira. Desde 2007, o aniversário da revista da Associação vinha a ser comemorado com uma noite de fado de Coimbra, inicialmente, reservada a pessoas directamente ligadas à Academia. O sucesso do evento exigia que se abrisse ao público em geral, objectivo cumprido com a recriação de uma serenata tradicional coimbrã, a Serenata Académica da Madeira, um ano depois.

Os Fatum surgem, então, com o fulgor e entusiasmo deixado pelos grupos que por aqui passavam. Capas Negras, Grupo de Fados do Instituto Superior de Engenharia do Porto, Sangue Novo e o Grupo Madeirense de Fados de Coimbra foram grandes responsáveis pelo surgimento da ideia, agora concretizada, de um grupo de fados na Universidade da Madeira.

A primeira actuação teve lugar no dia 26 de Março de 2010, no âmbito do 4.º aniversário da revista da Académica da Madeira. A partir dessa data o grupo começou a realizar várias actuações, sendo, neste momento, o grupo residente dos Saraus de Fado que são realizados, mensalmente, no Colégio dos Jesuítas do Funchal, outro projecto dinamizado pela Associação Académica.

No álbum de recordações ficam as duas viagens e actuações feitas em Bruxelas, no Parlamento Europeu, em Coimbra, no berço do Fado dos estudantes e no Porto Santo.

Sobre a Herança Madeirense

Os Fatum participam regularmente nos Saraus de Fados, uma das várias iniciativas que integram o nosso programa Herança Madeirense que congrega a oferta cultural e turística promovida pela Académica da Madeira. Materializa-se através da dinamização de vários monumentos e atracções do Funchal onde são promovidos um conjunto amplo de serviços com destaque para as visitas educativas gratuitas que são proporcionadas aos estabelecimentos de ensino de toda a região. Além disso, a Herança Madeirense oferece, gratuitamente, saraus de música, exposições, visitas culturais temáticas, áudio guias, circuitos autónomos de História e outras iniciativas.

O Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira, o Mosteiro de Santa Clara, o centro histórico da cidade e, desde Novembro de 2017, a Quinta Vigia são os monumentos e as atracções que estão integradas no nosso programa.

Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.

Vencedor, em 2018 e pela quinta vez consecutiva, do Certificado de Excelência do maior portal de viagens do mundo, o Trip Advisor, a Herança Madeirense acumula vários prémios e distinções como o Prémio de Boas Práticas do Associativismo Jovem, atribuído em 2017 pelo Instituto Português da Juventude e Desporto, e o Prémio de Voluntariado Universitário, atribuído em 2017 pelo Banco Santander.

O programa Herança Madeirense segue apostando na capacitação dos seus colaboradores e na excelência dos seus serviços disponibilizando ao público – nacional e internacional – experiências únicas e de qualidade.