Seguro Escolar
4 de Dezembro de 2018.
A composer from Liechtenstein
6 de Dezembro de 2018.
Mostrar Tudo

Plágio

Sabes como proceder em caso de plágio?

A Académica da Madeira pretende com este artigo informar os estudantes acerca das normas e procedimentos sobre plágio. Este conjunto de perguntas e respostas, refere apenas os principais aspectos relacionados este tema pelo que a sua consulta não dispensa a leitura do Despacho 140/R/2009 – Detecção de Plágio nem as Normas e Procedimentos sobre Plágio.

Quem é responsável pela verificação de plágio?

A recepção, a verificação e o envio dos relatório de plágio para o director de curso e/ou regente da unidade curricular é da responsabilidade do Gabinete de Apoio ao Estudante (GAE).

Como poderei submeter os meus trabalhos para verificação?

Deverás enviar os trabalhos para o endereço de e-mail trabalhos@uma.pt de acordo com os seguintes pontos:

1) O ficheiro a ser anexado deverá estar no formato *.pdf (não gravar como imagem), *.doc, *. htm ou *.html e *.txt;

2) O corpo da mensagem de e-mail deverá conter o nome, o número e o curso do estudante, o nome do docente que irá receber o trabalho/relatório e o nome da unidade curricular;

3) O ficheiro a ser anexado deverá conter o nome do estudante, o nome da unidade curricular e o nome do docente, conforme os exemplos abaixo:

AnaFaria_MetodologiadoTrabalhoCientífico_Prof.AntónioPereira.pdf ;
AnaFaria_MetodologiadoTrabalhoCientífico_Prof.AntónioPereira.doc;
AnaFaria_MetodologiadoTrabalhoCientífico_Prof.AntónioPereira.htm;
AnaFaria_MetodologiadoTrabalhoCientífico_Prof.AntónioPereira.txt.

Quando é considerado plágio?

É considerado plágio quando:

1) Uma parte ou a totalidade de um trabalho contém materiais não referenciados, isto é, que não são da autoria do(s) estudante(s), mas que são apresentados como tal, sendo omissa a fonte de onde foram retirados.

2) A utilização, palavra por palavra, do texto elaborado por alguém sem identificar o autor, assim como parafrasear as suas ideias sem o indicar, é considerado plágio.

3) A tradução directa, sem mencionar as fontes.

Que penalizações poderei ter?

1) Recusa do trabalho, com a consequente reprovação do estudante na unidade curricular onde se insere o trabalho, com a classificação de zero valores, independentemente do peso que a prova tenha na avaliação global da disciplina;

2) Recusa do trabalho com a recomendação de alterações necessárias ao mesmo, podendo incluir uma penalização em termos de classificação do mesmo que poderá atingir os 50% da classificação;

3) Aceitação do trabalho sem quaisquer alterações

Posso recorrer da penalização?

O estudante pode recorrer da decisão proferida para o Conselho Pedagógico de que depende o curso em causa.

Como evitar situação de plágio?

1) Indicar claramente, utilizando aspas, todo o material a citar.

2) Aprender o estilo de citação utilizado no seu Centro de Competências.

3) Ao pesquisar as suas fontes, seja qual for o tipo, deve manter um registo dos documentos que lhe permita organizar a bibliografia (autor, título, data de publicação, editora, paginas e outros dados relevantes)

4) Incluir uma secção de bibliografia para identificar todos os documentos referenciados.

Caso tenha mais alguma dúvida, a quem me devo dirigir?

Deves sempre consultar o Gabinete de Apoio ao Estudante mas caso as dúvidas persistam poderás passar pelo Students’ Help Desk, no piso -1 do Campus da Penteada.

Fontes: Despacho 140/R/2009 – Detecção de Plágio e Normas e Procedimentos sobre Plágio.

Sobre o Universitas

Universitas é o programa da Académica da Madeira que congrega a oferta de acções de acolhimento, de acompanhamento e de inserção na vida activa dos futuros, actuais e antigos estudantes universitários. Assente na transmissão de valores, na construção de oportunidades e na valorização da cidadania, desenvolvemos várias iniciativas que espelham a raiz latina do conceito de universalidade, de totalidade, de companhia e de associação do vocábulo universitas. Pretendemos informar os candidatos ao Ensino Superior, através de visitas educativas pelos espaços da Universidade da Madeira; acolher os novos estudantes, com a promoção de actividades de acesso à informação e ao funcionamento da Academia; acompanhar os estudantes e antigos estudantes promovendo projectos e programas nacionais e internacionais que constituam oportunidades de integração na vida activa.

Criado em 2017, o programa Universitas promove a acção de integração dos novos estudantes do Ensino Superior, pela via da ciência e da cultura, pretendendo dinamizar a procura activa de conhecimento e de competências capazes de garantir o sucesso no mercado de trabalho. Juntam-se ao nosso programa as visitas educativas que são realizadas pelos espaços da Universidade da Madeira, a centenas de estudantes dos Ensinos Básico e Secundários, a promoção dos programas europeus que se configuram como oportunidades ímpares na construção de um futuro promissor para os jovens madeirenses e a realização de actividades desportivas e de lazer.

O Apoio ao Estudante, matriz identitária e fulcral da nossa estrutura associativa, é uma componente central do Universitas, exercida através de políticas locais e nacionais. As acções de proximidade, através de uma actuação junto dos estudantes com o apoio ao seu quotidiano académico, são complementadas com uma participação activa nas políticas do ensino superior e da juventude.