Cultural Capitals
29 de Outubro de 2018.
So far and so close
30 de Outubro de 2018.
Sábado, dia 24 de Novembro, às 10:00.

Na próxima edição de ‘Um mês, Um tema’, a Académica da Madeira irá promover no dia 24 de Novembro (sábado), às 10:00, uma visita guiada à Igreja de Santa Maria Maior, mais conhecida por Igreja do Socorro. A visita será ministrada por Martinho Mendes que irá abordar episódios relacionados com a construção da Igreja, que está associada a um voto feito pela população do Funchal em 1523, devido a um surto de peste que assolou a Ilha.

Após esta igreja ter sido demolida em 1752 e de ter sido reconstruída em 1768, tornou-se uma das igrejas madeirenses que apresenta mais marcas de estilo barroco nas suas fachadas.

Terminada a visita à Igreja, o grupo fará o percurso da antiga Procissão do Voto e terminará no Museu de Arte Sacra do Funchal, onde poderão ver algumas peças originárias da Igreja e que foram, posteriormente, deslocadas para o Museu com vista à sua preservação.

Informações da visita

A visita será conduzida por Martinho Mendes, que é artista plástico, investigador e, em paralelo, é responsável pelo serviço educativo do Museu de Arte Sacra do Funchal.

As inscrições podem ser feitas em qualquer um dos nossos pontos de atendimento exclusivamente para quem for portador do Passaporte Cultural. Caso não seja, poderá adquiri-lo em qualquer uma das nossas lojas, no La Vie ou na Reitoria da Universidade da Madeira. O ponto de encontro será junto à Igreja de Santa Maria Maior, às 9:50.

Sobre a Herança Madeirense

‘Um mês, um tema’ é uma iniciativa que integra o nosso programa Herança Madeirense congrega a oferta cultural e turística, promovida pela Associação Académica da Universidade da Madeira, que, entre outras actividades, dinamiza o Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira e o centro histórico da cidade. Desde Março de 2017, o Mosteiro de Santa Clara passou a integrar e a enriquecer a nossa oferta. Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Associação Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.