Maruja Mallo
30 de Junho de 2018.
A different perspective
2 de Julho de 2018.
Visita ao Museu Henrique e Francisco Franco – 14 de Julho, às 11:00.

Do Funchal para Paris, os modernistas irmãos Franco, espantaram o Mundo nos anos 1920. Henrique, influenciado por Édouard Manet, pintava e abraçou ainda as artes decorativas. Francisco, inspirado por Rodin, esculpia, chegando a fazer de atelier, no Funchal, a Capela da Encarnação. Deixaram obras e estudos excepcionais, alguns reunidos no Museu que será incluído no Roteiro ‘Um mês um tema’ de 2018.

Informações da visita

  • A visita decorrerá no dia 14 de Julho, às 11:00 e é aberta a qualquer interessado desde que portador do Passaporte Cultural;
  • As inscrições são gratuitas e podem ser efectuadas em qualquer posto de atendimento da Académica da Madeira, nas lojas Gaudeamus e Naturalmente Português;
  • O ponto de encontro é às 10:45 no Colégio dos Jesuítas ou, alternadamente, às 10:50 na entrada do Museu Henrique e Francisco Franco.
Sobre a Herança Madeirense

‘Um mês, um tema’ é uma iniciativa que integra o nosso programa Herança Madeirense que congrega a oferta cultural e turística promovida pela Académica da Madeira. Materializa-se através da dinamização de vários monumentos e atracções do Funchal onde são promovidos um conjunto amplo de serviços com destaque para as visitas educativas gratuitas que são proporcionadas aos estabelecimentos de ensino de toda a região. Além disso, a Herança Madeirense oferece, gratuitamente, saraus de música, exposições, visitas culturais temáticas, áudio guias, circuitos autónomos de História e outras iniciativas.

O Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira, o Mosteiro de Santa Clara, o centro histórico da cidade e, desde Novembro de 2017, a Quinta Vigia são os monumentos e as atracções que estão integradas no nosso programa.

Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.

Vencedor, em 2018 e pela quinta vez consecutiva, do Certificado de Excelência do maior portal de viagens do mundo, o Trip Advisor, a Herança Madeirense acumula vários prémios e distinções como o Prémio de Boas Práticas do Associativismo Jovem, atribuído em 2017 pelo Instituto Português da Juventude e Desporto, e o Prémio de Voluntariado Universitário, atribuído em 2017 pelo Banco Santander.

O programa Herança Madeirense segue apostando na capacitação dos seus colaboradores e na excelência dos seus serviços disponibilizando ao público – nacional e internacional – experiências únicas e de qualidade.