A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

6 de Outubro de 2018.

Honoris Causa: Alberto João Jardim

Honoris Causa: Alberto João Jardim Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim (Funchal, fevereiro de 1943), Licenciado em Direito, professor nos Ensinos universitário privado, secundário e preparatório. Oficial miliciano no Exército, especialidade Ação Psicológica. Primeiro director do Centro de Formação Profissional da Madeira. Como jornalista profissional, director do “Jornal da Madeira“ (1975-1978). Dirigente cooperativo e, nesta qualidade, administrador de empresas, bem como membro dos corpos sociais de várias Instituições Particulares de Solidariedade Social. Presidente do Governo Regional da Madeira (1978-2015), membro do Conselho de Estado e do Conselho Superior de Defesa Nacional. Presidente da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da Europa (1987-1996), membro do Congresso dos Poderes Locais e Regionais do Conselho da Europa (1978-2015), cofundador da Assembleia das Regiões da Europa, […]
5 de Outubro de 2018.

My hometown, Vaduz

The capital city of a small country in the heart of Europe. My hometown is called Vaduz and it’s the capital city of Liechtenstein. Liechtenstein has about 38.000 inhabitants and in Vaduz live about 5.500 people. It’s also the town where the royal family of Liechtenstein lives. The royal family lives in the castle, which is located in the city center of Vaduz, although it’s located a little higher than the rest of the houses. We do also have 3 museums in Vaduz: the historical museum, the Hilti art foundation, and the art museum. The art museum and the Hilti art foundation contain a lot of artworks which belong to the royal family of Liechtenstein. There’s also a city train […]
2 de Outubro de 2018.

Educação inclusiva

O novo regime da educação inclusiva é apresentado pelo Governo como um novo “paradigma” na abordagem às dificuldades de aprendizagem dos alunos. O conceito de necessidades educativas especiais deixa de existir. Quais são as diferenças principais entre a lei da educação especial, regulamentada em 2008, e o novo regime da educação inclusiva, instituído em Julho de 2018? A principal diferença diz respeito ao universo de alunos abrangidos. Em vez de se dirigirem apenas a alunos com necessidades educativas especiais, como acontecia anteriormente, as medidas de apoio aplicam-se em teoria a todos os estudantes. É por essa razão que se elencam “medidas universais”, que poderão depois ser reforçadas por um conjunto de medidas “selectivas” e “adicionais destinadas aos alunos com dificuldades profundas e […]
1 de Outubro de 2018.

Bonn, a city for everyone

A city for everyone no matter if you like celebrating or relaxing. Hello everyone and kind regards from Madeira, my name is Anne Schroeder and at the moment I’m staying in Madeira to do a voluntary service. Before I came to Madeira I lived in Bonn, which is a city in Germany that I’ll try to present to you through this text. Perhaps you have already heard of Bonn since it is one of the oldest cities in Germany and it was the capital of Germany from 1949 -1990. Although nowadays Berlin is the capital of Germany, Bonn is a big city which has around 322.125 inhabitants and many places to discover. First, there is a beautiful shopping street in the […]
1 de Outubro de 2018.

Nobel da Medicina

James P. Allison e Tasuku Honjo descobriram novas formas de bloquear os travões do nosso sistema imunitário que se revelaram muito eficazes no tratamento do cancro. “Um novo paradigma na luta contra o cancro”, considerou o comité do Nobel. O Prémio Nobel da Medicina ou Fisiologia de 2018 foi atribuído aos investigadores James P. Allison e Tasuku Honjo pelas descobertas relacionadas com o papel do sistema imunitário na luta contra o cancro, anunciou esta segunda-feira o comité do Nobel no Instituto Karolinska, em Estocolmo (Suécia). O prémio tem um valor de nove milhões de coroas suecas (cerca de 871 mil euros). “O Prémio Nobel deste ano assinala um marco na luta contra o cancro”, anunciou o comité do Nobel esta […]
27 de Setembro de 2018.

Pedro Nunes: de Lisboa à Índia

Em 1547, Pedro Nunes foi nomeado cosmógrafo-mor do reino, tornando-se responsável pelo padrão cartográfico oficial. Teve então a oportunidade de corrigir o que considerava ser um erro grave no desenho das cartas. Por volta de 1560, numa nota dirigida ao rei de Portugal, o cartógrafo português Lopo Homem queixa-se asperamente do novo padrão cartográfico oficial, o Padrão del Rei, que tinha sido instituído pelo cosmógrafo-mor, o matemático Pedro Nunes. O Padrão del Rei era o modelo no qual todas as cartas náuticas utilizadas pelos pilotos ao serviço da coroa se deveriam basear. Segundo Lopo Homem, o novo padrão tinha sido preparado utilizando os eclipses do Sol e da Lua para determinar as longitudes dos lugares, mostrando que as distâncias reais […]
26 de Setembro de 2018.

Jovens ganham prémio da Pordata

Um rapaz de 12 anos, que propôs um indicador para quantificar o grau de área ardida por município, e um grupo de economistas, que sugeriu medir a intensidade carbónica da economia por sector de actividade, são os vencedores da 4.ª edição do prémio entregue nesta quarta-feira, em Lisboa. A base de dados da Pordata dedicada ao tema do Ambiente, Energia e Território está mais rica. Tomás Pereira tem 12 anos e é graças ao seu contributo que, a partir de agora, é possível consultar o “grau de área ardida por município”. A juntar-se a esta novidade estatística surge a “intensidade carbónica da economia por sector de actividade”, um indicador proposto por três investigadores da Universidade da Beira Interior. As duas ideias vão […]
25 de Setembro de 2018.

Acabaram os mestres pré-Bolonha

Governo recua. Em causa estão as licenciaturas anteriores à reforma do ensino superior iniciada há 12 anos. Só entre 1996 e 2006 houve 337.269 pessoas que concluíram a sua licenciatura. Desiludam-se os licenciados pré-Bolonha. Afinal, e ao contrário do que foi anunciado em Março pelo ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor, as licenciaturas concluídas antes da reforma de Bolonha (que uniformizou os graus académicos e os tempos de formação superior na Europa) não vão ser equiparadas a mestrados para efeitos de concursos ou de prosseguimentos de estudos. Esta alteração deveria estar incluída no novo regime jurídico de graus e diplomas do ensino superior, mas no diploma que acabou por ser publicado em Diário da República, em meados de Agosto, não existe rasto dela. […]
25 de Setembro de 2018.

Ano lectivo para velhos desafios

A Escola continua a ter uma evolução lenta face à velocidade das mudanças sociais. O início do ano lectivo é um momento muitas vezes vivido com turbulência. Da ansiedade pelo desconhecido, aos problemas com as condições das escolas ou até a inexistência deste ou daquele professor no arranque das aulas. Felizmente, olhando os últimos 30 anos, muito melhorou nas condições do nosso sistema de ensino, pese embora alguns retrocessos pontuais e dificuldades acrescidas às quais o contexto dos últimos anos ainda nos expõe. “É por isso que se mandam as crianças à Escola: não tanto para que aprendam alguma coisa, mas para que se habituem a estar calmas e sentadas e a cumprir escrupulosamente o que se lhes ordena, de modo que depois não pensem mesmo que têm de pôr em […]
24 de Setembro de 2018.

Lição de sapiência

Na lição de sapiência, a sua última aula como professor universitário, o Presidente da República percorreu cinco décadas da história que também foi a sua vida. Com a emoção à flor da pele e esperança no futuro. Se tivesse de fazer um sumário da sua última aula como professor da Universidade de Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa copiava Sebastião da Gama, que num dos seus diários escreveu isto: “No sumário pus assim: conversa amena com os rapazes. Sei coisas que vocês não sabem, do mesmo modo que vocês sabem coisas que eu não sei ou já esqueci. Estou aqui para ensinar — ensinar, não, falar delas. Aqui, e no pátio, e na rua, e no vapor, e no comboio, e […]
3 de Dezembro de 2018.

The sound of home

Two places connected to the sea. The water splashes against the rocks. The wind whistles over the boats. Both Egmond and Madeira, two places connected to the sea. I come from a little village in the Netherlands named Egmond aan den Hoef, yes that complicated, just try to say that name out loud. Same as Madeira the sea is one of the most important features of this place. The sand turned into rocks, the dunes into mountains. There is no other place like home, but along the way of life, the feeling of that word changes. For me home is not my home village but is the people and culture, for me most of all it’s the arts and freedom. […]
29 de Novembro de 2018.

Visita ao famoso Belmond Reid’s

Conheça o mais antigo hotel da Madeira, dia 15 de Dezembro às 11:00. As inscrições para a visita de Dezembro encontram-se encerradas. ‘Um mês um tema’ pretende levar os interessados a vários pontos culturais da nossa cidade cumprindo o objectivo de divulgar o património, de difundir a cultura e de valorizar a história. Para que o nosso património possa ser valorizado é fundamental que ele possa ser conhecido. Deste modo, a Académica da Madeira irá fechar mais um ano de visitas Um Mês, Um Tema através duma visita guiada ao Hotel Belmond Reid’s Palace, um hotel histórico e centenário. Nesta edição, através de uma visita guiada orientada por Ana Isabel Portugal os participantes terão a oportunidade de conhecer não só os […]
29 de Novembro de 2018.

Funchal vs. Vaduz

My hometown Vaduz is really different from Funchal. I live in the capital city of Liechtenstein, a town called Vaduz. Liechtenstein itself is smaller than Madeira and Vaduz is also a lot smaller than Funchal. Vaduz has about 5,500 inhabitants and Funchal has got about 110,000. Similarities are hard to find, because the size of the towns are very different, also because of the climate. Funchal is located near the ocean with a lot of humidity and it’s always very warm. Vaduz is a lot colder and it also rains a lot there and it’s not humid at all. But there are also similarities like the tourism and the university. A big part of Vaduz is the tourism. There are […]
28 de Novembro de 2018.

O valor da Herança

(Re)pensar a sociedade à luz da dinâmica da nova ordem mundial. A tertúlia será no dia 29 de Novembro, às 18:00, no Colégio dos Jesuítas do Funchal. Inspirados pela republicação da obra, Os Mistérios do Funchal, de Ciríaco de Brito Nóbrega, a Académica da Madeira promove um momento de diálogo em torno do conceito da Herança, no dia 29 de Novembro, pelas 18:00, no Colégio dos Jesuítas do Funchal. Tendo como participantes o arquitecto Rui Campos Matos, o professor Thierry Proença dos Santos, o médico João Pedro Vieira, o padre José Luís Rodrigues e o advogado Brício Araújo, no encontro, pretende-se discutir a importância da relação entre o património, a herança e a memória num momento em que, um pouco […]
26 de Novembro de 2018.

EU in the Atlantic Ocean?

People on this Island keep things way more ‘chilled’ than we do. This following article will be about some of the major similarities Madeira has in common with the Mainland of the European Union, but also some of the most interesting differences for me, compared to my hometown in Austria. Starting with some of the things which appear very different in Austria. First off, the mentality the people have on this island is about 180 degrees turned from the one the people in my area have. There is a famous saying, ‘Schaffa, schaffa, Hüsle bua!’ which means translated into English ‘Work and do not stop working until you can build a house and get a family’. In these past two […]
22 de Novembro de 2018.

Os Mistérios do Funchal

Já à venda na Wook, na Bertrand, na Fnac, em qualquer Gaudeamus. e nas principais livrarias da região e do país. Funchal. Anos 40 do séc. XIX. Herança maldita. Mistério(s). Estas constituem as palavras-chaves da publicação da obra Os Mistérios do Funchal de Ciríaco de Brito Nóbrega, publicada pela primeira vez em 1881 e impresso na Tipografia do Diário da Madeira. Depois das 10 horas da noite, a cidade do Funchal assemelha-se, pela profunda solidão que reina por toda a parte, a uma cidade de mortos. Desaparecem os transeuntes; calam-se todos os pequenos rumores da povoação; fecham-se todas as portas; e nas ruas, mal alumiadas, por candeeiros, que derramam uma luz débil e pálida, apenas se nota, uma vez por […]