A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

5 de Fevereiro de 2018.

Nova abordagem contra o cancro

Investigação foi liderada pela Universidade do Minho. Uma equipa liderada pela Universidade do Minho demonstrou que medicamentos usados no combate ao carcinoma da mama também são “extremamente eficazes” na redução da agressividade do cancro do colo do útero, propondo uma “terapia combinada”, anunciou aquela universidade em comunicado de imprensa. Na nota de imprensa, explica-se que a nova abordagem proposta para o cancro do colo do útero resulta da investigação liderada por Olga Martinho, cientista do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Universidade do Minho. “Surgiu depois de os investigadores terem mostrado pela primeira vez que a presença excessiva da proteína HER2 em pacientes com esta patologia pode abrir portas para tratamentos mais eficazes”, acrescenta-se. A […]
5 de Fevereiro de 2018.

Primeira nevada

Ver pela primeira vez os flocos de neve a caírem desde os céus, é de uma magicalidade imensa. Quando nascemos numa ilha um tanto tropical, temos sempre aquele pequeno desejo de ver neve pela primeira vez bem como de a sentirmos. É tão bonito ver os pequenos flocos de neve a descerem pelos céus, numa fluidez imensa e, a caírem nos demais objectos que encontram pelo caminho. Estes flocos de neve pintalgarão todas as ruas e ruelas, árvores e arbustos, casas e casario, é bonito ver tudo coloreado de branco, algo que nos transmite uma calma intensa e uma paz emersa. Andar na neve é das situações mais cómicas de sempre, nunca sabemos onde nem como podemos escorregar, pois cria-se […]
2 de Fevereiro de 2018.

Experiência incomparável

O SVE é um projecto fascinante que permite fazer voluntariado noutro país e crescer como ser humano. Eu tive conhecimento do Serviço Voluntário Europeu (SVE) quando estudava na universidade e a minha melhor amiga fez um projecto de SVE em Espanha e, a partir desse momento, a minha curiosidade sobre esta oportunidade desenvolveu-se. Com o final dos meus estudos, decidi que queria ter uma experiência diferente e o que a União Europeia nos proporciona e financia, era o que eu precisava. Iniciei a minha busca por projectos em Itália, país que já tinha visitado e que tinha despertado um interesse particular em mim devido à sua vasta cultura, as suas magníficas cidades e paisagens, a excelente comida e a semelhança […]
2 de Fevereiro de 2018.

We are all one big family

You can learn a lot about different cultures, traditional cuisine and how to rid yourself of stereotypes. Living in a student residence can be annoying, especially when it is overloaded with people or for example the kitchen on the ground floor does not work and all students start to use the one on your floor. But despite all the noise, lack of privacy and a rare state of cleanliness in the kitchen I really appreciate my experience of living in our volunteer and student community. We can always share our experiences and learn from each other and count on each other. On one hand you become more social and open-minded but on the other hand you learn how to enjoy […]
30 de Janeiro de 2018.

Archaeopteryx mais antigo do mundo

Foi descoberto numa formação geológica na Baviera, onde até então não tinha sido encontrado nenhum exemplar do género Archaeopteryx. Tinha o tamanho de uma pomba grande e viveu num ambiente subtropical no período Jurássico. Há cerca de 150 milhões de anos, a actual região centro da Baviera, na Alemanha, tinha uma paisagem e habitantes bem diferentes. Esta zona caracterizava-se por ter um ambiente subtropical com ilhas e lagoas de recife em águas superficiais, onde começava o Mediterrâneo primordial. Aqui habitava o Archaeopteryx mais antigo encontrado até agora. Tinha o tamanho de uma pomba grande, estava na transição entre os dinossauros e as aves e é o 11.º a ser descoberto, segundo um artigo científico na revista Peer J. Este Archaeopteryx […]
29 de Janeiro de 2018.

Primeiros primatas clonados

São duas pequeninas fêmeas que nasceram há cerca de 50 dias, na China. São o resultado “de carne e osso” do sucesso da equipa de cientistas da Academia Chinesa de Ciências que conseguiu ultrapassar a barreira técnica que impedia o “fabrico” de clones de primatas não humanos com a mesma técnica usada com a famosa ovelha Dolly. Não sabemos se é Zhong Zhong ou Hua Hua que, nas imagens do vídeo, tenta uma fuga da incubadora, empurrando as paredes transparentes da caixa. Sabemos apenas que estes dois pequeninos e magricelas macacos são os primeiros clones de primatas não humanos criados com a mesma técnica, transferência de células somáticas, que fez nascer a famosa ovelha Dolly. Está tudo num artigo publicado […]
27 de Janeiro de 2018.

Genética, regeneração e salamandras

Regeneram-se com muita facilidade. Para saber como o fazem, os cientistas descodificaram todo o genoma de uma salamandra e uma planária. Este trabalho é já considerado um marco na investigação da regeneração. Há uma espécie de salamandra que, se perder os membros do corpo, os consegue regenerar. Chama-se axolote e faz este trabalho na perfeição: os ossos, os músculos e os nervos voltam a crescer no sítio certo. Há mais: a planária é um verme que, se for cortada aos pedacinhos, também é capaz de se reconstruir. Portanto, estes animais são uma ajuda no estudo da regeneração de tecidos. Mas como o fazem? Para perceber isso, descodificou-se todo o genoma destas espécies, que vem descrito esta semana em dois artigos […]
23 de Janeiro de 2018.

Hiking together

What if we all (volunteers, Erasmus students, international students and madeiran students) could go hiking together? This idea has stuck in my head since long time. It would be so perfect to have the possibility to go out in the nature, not depending on when and where the few public buses could drive you at the weekend. There are just a few options to gain this freedom of self-determined hiking. Renting a car together with friends, going with a friend who has a car or hitchhike. Although every of these options has its benefits the disadvantages are highly considerable, especially when you want to hike with more than 5 people. So as I heard about the guided nature walks Aauma […]
23 de Janeiro de 2018.

Inventada nova unidade de tempo

Os flicks são ligeiramente maiores que um nanosegundo – o ponteiro dos relógios não os vai marcar, mas podem ser muito úteis para editores de vídeo. Quantos flicks faltam para a hora de almoço? A equipa de realidade virtual do Facebook, a Oculus VR, concebeu uma nova unidade de tempo – o flick. É maior que muitas: num só segundo, cabem mais de 705 milhões de flicks (705.600.000 para ser exacto), o que torna a unidade ligeiramente maior que um nanosegundo (há mil milhões de nanosegundos num segundo). A nova unidade de medida foi concebida, especificamente, para facilitar o trabalho de quem edita filmes no dia-a-dia e divide tempo em imagens por segundo. Começou com uma pergunta, feita no Facebook […]
22 de Janeiro de 2018.

Detecção de oito tipos de cancro

Investigadores apresentam um teste não invasivo que usa a informação de dois biomarcadores: os níveis de proteínas associadas a cancro, bem como a presença de mutações genéticas no sangue. Chama-se CancerSEEK e combina a análise do ADN com a detecção de oito proteínas associadas a oito tipos de cancros. O novo método é apresentado esta sexta-feira na revista Science por uma equipa liderada por cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, nos EUA. O objectivo deste teste não invasivo, que ainda terá de ser validado para chegar à prática clínica, é conseguir uma detecção precoce de vários cancros e a um baixo custo. Para já, foi usado em mais de mil doentes demonstrando uma sensibilidade que […]
21 de Abril de 2017.

JuniFEUP, a empresa junior do ano

A jovem empresa, criada por estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, viu reconhecida a elevada satisfação dos seus clientes e levou para casa um “JeniAL Award”. O JeniAL – Encontro Nacional de Júnior Empresas Portuguesas – distinguiu a JuniFEUP como a empresa mais promissora de 2017. A jovem empresa da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto foi reconhecida por um júri constituído por elementos de grandes multinacionais como a Deloitte, Jerónimo Martins e Bosch. João Gomes e Francisco Chaves, responsáveis pela candidatura, assumem que receber este prémio é uma grande motivação para a sua equipa. “Ao longo do último ano quebrámos tantos paradigmas, expandimos a nossa atividade para novas áreas, e esta é a prova de […]
19 de Abril de 2017.

Jornadas de marketing

Aproximar estudantes e empresários do setor é o objetivo das Grandes Jornadas do Marketing. Com o ISCTE-IUL como palco, o evento vai analisar o “Marketing Experiencial”, através da perspetiva de profissionais de vários setores. O ISCTE-IUL será, entre 3 e 4 de maio, a casa das Grandes Jornadas do Marketing. Organizada por jovens “marketeers”, o evento regressa para a sua 6.ª edição com o tema “Marketing Experiencial” e com a missão de aproximar estudantes e profissionais do setor. As jornadas contarão com vários oradores de empresas conceituadas, que intervirão nos dois dias do evento. No dia 3 de maio os palestrantes serão Nuno Costa, PR & Marketing Manager da Porsche Ibérica, José Redondo, Managing Partner da Licor Beirão, Inês Condeço, […]
18 de Abril de 2017.

Coimbra estuda Huntington

Um estudo em ratinhos permitiu a um grupo de investigadores da UC descobrir uma forma de atrasar a progressão da doença de Huntington. Esta enfermidade, hereditária e rara, ainda não possui cura. Uma equipa de investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra melhorou os sintomas da doença de Huntington em ratinhos. Liderado por Ana Cristiano Rego, o grupo ativou uma enzima envolvida na energia das células. Publicado no “The Journal of Neuroscience”, revista científica oficial da Sociedade Americana de Neurociências, o estudo descobriu que a ativação da enzima desidrogenase do piruvato melhora a saúde das células mutantes, presentes na doença de Huntington. Através do bloqueio da atividade de outro grupo de enzimas, desacetilases das histonas, […]
17 de Abril de 2017.

Ser mergulhador científico no país

É no Centro do país que se faz mais mergulho para fins científicos. Há 129 mergulhadores científicos em Portugal, segundo um inquérito da Associação Portuguesa de Mergulho Científico (Apormc) feito entre Janeiro de 2016 e Março de 2017. Daqueles, 95% utilizam o mergulho para estudar as ciências ambientais e da vida e 5% para as ciências humanas. A grande maioria dos mergulhadores (91%) tem mais de cinco anos de experiência. Depois, é no Centro do país que há mais mergulhadores (43%), seguido do Sul (20%), Açores (16%), Madeira (12%) e Norte (9%). Contudo, ainda há aspectos a desenvolver nesta actividade que deu os primeiros passos em Portugal nos anos 50. “Em termos legislativos, o mergulho com fins científicos está na […]
14 de Abril de 2017.

Conciliar património e turismo

Coimbra vai ser palco, entre 18 e 22 de abril, do 5.º Congresso Internacional da UNESCO UNITWIN. O encontro procura apontar caminhos e soluções para harmonizar a relação entre as práticas turísticas e a gestão do património. Intitulado “Identidade Local e Gestão Turística dos Sítios Património Mundial – Tendências e Desafios”, o 5.º Congresso Internacional da UNESCO UNITWIN decorre em Coimbra entre 18 e 22 de abril. Esta iniciativa é promovida no âmbito da Rede Cultura, Turismo e Desenvolvimento do Programa de Cátedras UNESCO e é organizado pela Universidade de Coimbra. A sessão de abertura está agendada para o dia 19 de abril, no Convento São Francisco, reunindo especialistas de vários países, como Argentina, Brasil, Timor, Israel, EUA, Índia, China […]
12 de Abril de 2017.

Fósseis encontrados em Pombal

Restos fossilizados têm cerca de 150 milhões de anos. Fósseis de dinossauros e de tartarugas que viveram há 150 milhões de anos foram descobertos em Pombal, anunciou esta terça-feira o Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Muhnac). A paleontóloga Elisabete Malafaia, do Muhnac, disse que durante a escavação no Monte Agudo, em Pombal, foram “encontrados elementos fossilizados de tartarugas e diversas vértebras ainda por identificar, mas que poderão pertencer a dinossauros saurópodes”. Os saurópodes eram dinossauros herbívoros muito grandes e, apesar de serem conhecidos em vários locais da Bacia Lusitânica, bacia sedimentar que se localiza na margem ocidental da placa ibérica, ainda eram “relativamente escassos nos níveis do Jurássico Superior na região de Pombal”, segundo a investigadora, citada […]