A actualidade noticiosa

Consulta as principais notícias do Ensino Superior

16 de Outubro de 2019.

Nobel da Economia 2019

Economistas vencem o prémio pelos seus contributos no campo da economia do desenvolvimento, nomeadamente pela utilização de métodos experimentais para estudar quais as melhores políticas de alívio da pobreza. O prémio Banco da Suécia de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel, mais conhecido por Nobel da Economia, foi atribuído esta segunda-feira a Abhijit Banerjee, Esther Duflo e Michael Kremer , anunciou a Real Academia Sueca das Ciências. Os três laureados têm desenvolvido o seu trabalho no campo da economia do desenvolvimento e o prémio foi atribuído, como explicou a Real Academia Sueca das Ciências, pelos métodos inovadores utilizados para analisar quais as melhores políticas para o alívio da pobreza. Michael Kremer nos anos 1990 e, mais tarde, Abhijit Banerjee […]
15 de Outubro de 2019.

Nobel da Literatura 2018 e 2019

Escritora e activista polaca receberá o prémio relativo ao ano de 2018, o dramaturgo austríaco é o vencedor de 2019. Olga Tokarczuk é a 15.ª mulher a receber o prémio que, contrariando algumas expectativas, a Academia Sueca decidiu entregar a dois autores europeus. A escritora polaca Olga Tokarczuk (n. 1962) e o escritor, dramaturgo e argumentista austríaco Peter Handke (n. 1942) são os dois novos Nobel da Literatura, respectivamente de 2018 e 2019. Ficarão a marcar, na centenária história do mais importante galardão literário do mundo, um momento de profunda renovação da Academia Sueca, a procurar reerguer-se do escândalo de abusos sexuais perpetrados por Jean-Claude Arnault, marido da académica Katarina Frostenson, através de quem este teria também sabido por antecipação […]
15 de Outubro de 2019.

The University of Lodz

I had the pleasure of learning and acquiring knowledge from the best professors at this university. The University of Lodz was established in 1945 and has long been one of the biggest and most popular universities in Poland. High level of education, learning foreign languages, scholarships, student exchange programs are just some of the advantages that I experienced by my own.  The 12 faculties, and a branch unit of the University provide programmes in 100 fields of study and 160 specializations. In addition, the University offers several doctoral programmes, more than 50 postgraduate study programmes, as well as studies in English and French. More than 28 000 students attend the University of Lodz.  The University is also very open for […]
14 de Outubro de 2019.

Rede que liga fagos de todo o mundo

Há já uma rede de investigadores que troca informação sobre a terapia fágica e fornece fagos em caso de necessidade. Imagine que alguém tem uma infecção de uma bactéria resistente a um antibiótico e a única solução é ser tratado através da terapia fágica, uma abordagem terapêutica que usa vírus (bacteriófagos) para matar bactérias específicas. Adelaide Almeida, do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da Universidade de Aveiro, alerta que seria útil a criação de um banco de dados com informação sobre todos os bacteriófagos (ou fagos) que cada laboratório do mundo produz. Assim, esse laboratório poderia disponibilizar o fago para tratar a infecções ou para ensaios clínicos, aumentando assim a rapidez desses testes. Neste momento, já existe […]
13 de Outubro de 2019.

Can the European project survive?

The project “Europe” is stumbling. Now more than ever. Opinions tend to differ sharply when it comes to questions concerning refugees, the rise of far right parties and racism against minorities. The European Union seems to fall apart as countries discuss the leaving of this once-so-promising project. So the question arises, what can we – as individuals – do to save this venture? How can we make sure that our grandchildren will have the same privileges that we have now?  I think the most basic and most important precondition is to be OPEN. To be open towards new cultures, new people, new habits. To be open towards new norms, new ideas, new point of views. Only when we mutually approach […]
12 de Outubro de 2019.

Nobel da Paz 2019 para Abiv Ahmed

O primeiro-ministro etíope ganhou o 100.º Nobel da Paz pelos seus esforços para “alcançar a paz e a cooperação internacional” com os acordos de paz com a Eritreia. O vencedor do Prémio Nobel da Paz de 2019 é Abiy Ahmed Ali, primeiro-ministro etíope, anunciaram nesta sexta-feira em Oslo as Academias sueca e norueguesa. O prémio foi atribuído pelos seus esforços para “alcançar a paz e a cooperação internacional” com os acordos de paz com a Eritreia. “A paz não chega das acções de apenas uma parte. Quando o primeiro-ministro estendeu a sua mão, Isaias Afewerki [Presidente da Eritreia] agarrou-a e ajudou a formalizar o processo de paz entre os dois países”, justificou Berit Reiss-Andersen, líder​ do comité que atribui este […]
11 de Outubro de 2019.

A Europe for the future

How can we ensure that the European Union operates in the best way to support all future generations? For someone from the United Kingdom, the European Union is incredibly important for us now more than ever. Therefore, I believe that the most important thing I can do for the EU and my country is to show my support for remaining in the EU. The EU brings many benefits to a country, in my opinion, I care mostly about the ease of travel. Without the EU I would not be able to travel as easily or possibly take part in Erasmus at all. It is so important for young people to be able to travel, study and work in new places. […]
9 de Outubro de 2019.

Nobel para a bateria de lítio

Anúncio foi feito esta quarta-feira de manhã na Real Academia Sueca das Ciências, em Estocolmo. John Goodenough foi informado do prémio pela investigadora portuguesa Helena Braga. O Prémio Nobel da Química de 2019 foi atribuído a John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino “pelo desenvolvimento de baterias de lítio”, anunciou esta quarta-feira o Comité do Nobel na Real Academia Sueca das Ciências, em Estocolmo. O prémio tem um valor de nove milhões de coroas suecas (cerca de 871 mil euros). Os laureados deste ano contribuíram para a possibilidade de “um mundo recarregável”. John B. Goodenough, com 96 anos, é o cientista mais velho a receber o Nobel até agora e recebeu a notícia do prémio através de Helena […]
9 de Outubro de 2019.

Europe of my grandchildren

In the time when Europe faces many challenges it is important to ask ourselves: what can I do to support EU and projects which it fulfils.  The most important thing which we must realize is that our action can make a difference! How do I understand that, and what can be our contribution in the development of European Projects, you can find out reading this article.  Firstly, taking the opportunity to vote in European Elections, as this is the only one occasion for the nearest 5 years for citizens of Europe to have an influence on shape of European Parliament as it is the only institution among the EU which is chosen through elections in EU countries. This institution approves […]
8 de Outubro de 2019.

Prémio Nobel da Física 2019

O prémio foi para as descobertas sobre o velhinho cosmos e os novos exoplanetas fora do nosso sistema solar. Vencedores anunciados esta terça-feira de manhã, em Estocolmo, na Suécia. O Prémio Nobel da Física de 2019 vai para James Peebles “por descobertas teóricas em cosmologia física” e a outra metade em conjunto com Michel Mayor e Didier Queloz “pela descoberta de um exoplaneta orbitando uma estrela do tipo solar”, anunciou esta terça-feira de manhã a Real Academia Sueca das Ciências em Estocolmo. O prémio, no valor monetário de nove milhões de coroas suecas, ou 866 mil euros, será dividido em duas partes. No anúncio, o comité resumiu que quis distinguir as investigações que contribuíram para a compreensão da evolução do […]
6 de Outubro de 2019.

EUA financia investigadora do i3S

A investigadora Salomé Pinho, do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S) da Universidade do Porto, vai analisar os dados de 600 militares e procurar biomarcadores para a doença de Crohn e para a colite ulcerosa. Aproveitando o rigoroso acompanhamento que é feito aos militares norte-americanos, a equipa de investigadores liderada pela portuguesa Salomé Pinho vai estudar o desenvolvimento da doença inflamatória intestinal (DII). A cientista do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (I3S) da Universidade do Porto conseguiu um apoio de um milhão de euros do Departamento de Defesa dos EUA e vai procurar nos dados recolhidos nos seis anos anteriores ao diagnóstico da doença os primeiros sinais do problema em indivíduos (todos militares da Marinha) que […]
4 de Outubro de 2019.

Já é possível nomear um exoplaneta

Em Portugal, poderá atribuir-se um nome ao planeta extra-solar HD 45652b, um gigante gasoso a 117 anos-luz de nós. A partir desta terça-feira, tem a oportunidade de sugerir um nome para um exoplaneta. Para comemorar o seu 100.º aniversário, a União Astronómica Internacional (IAU, na sigla em inglês) organizou a iniciativa IAU100 Name ExoWorlds (Dê Nome a ExoMundos, em português), em que mais de 70 países terão a possibilidade de dar um nome a um exoplaneta e à sua estrela. Em Portugal, será possível propor nomes até 28 de Outubro no site da iniciativa. Como a IAU é a entidade responsável por atribuir nomes e designações oficiais a corpos celestes, quis incentivar a comunidade internacional a nomear também outros mundos. […]
30 de Setembro de 2019.

Estudantes luso-descendentes

Em 2019, 416 emigrantes e luso-descendentes ficaram colocados na primeira fase de acesso ao ensino superior. O secretário Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior frisa que Portugal “está de braços abertos” para os acolher. O número de luso-descendentes candidatos ao ensino superior em Portugal aumentou 150% em quatro anos, com 2019 a ser o mais concorrido da última década, segundo dados oficiais do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Portugal tem um contingente reservado a filhos de emigrantes de 7% do total das vagas nacionais no acesso ao ensino superior, o que corresponde a cerca de 3500 vagas. Na primeira fase do concurso de 2019, 483 emigrantes e luso-descendentes candidataram-se a instituições de ensino superior portuguesas, tendo ficado […]
28 de Setembro de 2019.

Envelhecimento dos professores

Monitor da Educação e da Formação de 2019 salienta também que “o investimento na modernização das infra-estruturas é insuficiente, em especial, na educação e no acolhimento na primeira infância nas zonas metropolitanas”. O envelhecimento da população docente é um problema identificado em Portugal no Monitor da Educação e da Formação de 2019, divulgado esta quinta-feira pela Comissão Europeia, que destaca ainda a “elevada proporção de pessoal não permanente”. “Os professores estão satisfeitos com o seu trabalho, porém, subsistem desafios tais como o envelhecimento da população docente, a elevada proporção de pessoal não permanente e as lacunas na integração e no desenvolvimento profissional contínuo”, lê-se na ficha de avaliação de Portugal. O relatório salienta também que “o investimento na modernização das […]
26 de Setembro de 2019.

Médias sobem na segunda fase

Nesta segunda fase, Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Porto foi o curso com a média mais alta: 19,58 valores. Oito cursos registaram na segunda fase uma nota média de entrada no ensino superior acima dos 19 valores, ficando também acima da média mais alta de 18,95 valores de Engenharia Aeroespacial do Instituto Superior Técnico registada na primeira fase. De acordo com os dados oficiais divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), na segunda fase a média de entrada mais alta pertence ao curso de Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Porto, com uma nota de acesso de 19,58 valores. Seguem-se Engenharia Aeroespacial e Engenharia Física Tecnológica, ambos do Instituto Superior Técnico da […]
24 de Setembro de 2019.

Grande Adria, o continente perdido

Há 240 milhões de anos separou-se do mega continente Gondwana; há 100 milhões de anos começou a colidir contra o sul do continente europeu. Quebrou-se e afundou-se. Restam apenas algumas rochas à superfície para contar a sua história. Depois de uma longa viagem pela história geológica da região do Mediterrâneo, uma equipa de investigadores conseguiu descobrir um continente “perdido”, actualmente enterrado sob os pés do Sul da Europa. Foi baptizado “Grande Adria” e, há 140 milhões de anos, tinha o tamanho da Gronelândia. Disponibilizado online no início deste mês pela revista científica Gondwana Research, este é o resultado de mais de dez anos de estudo de uma equipa formada por investigadores de vários países. Foi uma “grande quantidade de trabalho”, […]